Finnair já tem confirmados 500 portugueses para a Lapónia no Inverno

Por a 21 de Março de 2018 as 11:16

A Finnair já tem reservas para cerca de 500 passageiros portugueses no período entre 15 de Dezembro e 15 de Janeiro, passageiros que, segundo Javier Roig, general manager da Finnair para a Europa do Sul, se destinam à Lapónia, o principal destino turístico finlandês durante o Inverno.

De acordo com informação avançada pelo responsável aos jornalistas esta terça-feira, 20 de Março, à margem de uma apresentação da rota entre Lisboa e Helsínquia, que a companhia aérea finlandesa vai voltar a operar a partir de 1 de Junho, a Finnair conta já com uma ocupação de 80% nos voos para o período entre 15 de Dezembro e 15 de Janeiro, com os passageiros portugueses a corresponderem a 25% do total já vendido.

“O avião já está cheio, mas não são apenas reservas de Portugal. Os portugueses são 25% e temos que lutar muito”, referiu Javier Roig, explicando que, no total, são cerca de 500 os passageiros portugueses já confirmados entre 15 de Dezembro e 15 de Janeiro, a grande maioria dos quais com destino à Lapónia, destino conhecido por ser a casa do Pai Natal.

“Com saída de Portugal, desses 25% para essa época, 80% são passageiros para a Lapónia, porque a procura nessa época é para a Lapónia, ninguém vai só a Helsínquia”, acrescentou Javier Roig, explicando que a companhia tem sentido um forte crescimento da procura neste último mês, essencialmente desde a apresentação realizada na BTL.

“Desde a BTL até agora, começámos a reservar muito o Inverno para a Lapónia, por causa do Pai Natal. As pessoas achavam que os nossos voos acabavam no fim do Verão, mas como na BTL começámos a dizer que não, que vão ser todo o ano, já começámos a reservar muitos passageiros portugueses para a Lapónia finlandesa, no Inverno”, revelou.

Se a procura se mantiver em alta, Javier Roig não descarta a possibilidade de a Finnair vir a colocar um avião de maior dimensão a operar os voos entre Lisboa e Helsínquia, ainda que primeiro seja necessário avaliar o comportamento das vendas.

“Temos 500 passageiros portugueses e não vamos passar muito desta média se não mudarmos o avião para o A321, o que pode acontecer. Se a procura continuar, podemos alterar o A320 por um A321, mas esta rota está a começar agora e temos que ver como vão as coisas”, acrescentou o responsável.

Positivas têm sido também as vendas na Ásia, mercado que, segundo Javier Roig, será importante para a sustentabilidade da rota, com o responsável a destacar a procura registada no Japão.

“No Japão, há 200 milhões de japoneses que vêm à Europa e foram eles que nos pediram estas ligações. Agora, que já conhecem o Norte da Europa e outros países, querem ir a Lisboa”, referiu ainda o general manager da Finnair para a Europa do Sul.

Recorde-se que, a partir de 1 de Junho, a Finnair volta a ligar Lisboa à capital finlandesa, rota que a companhia já tinha operado mas que foi abandonada há sete anos, e que volta agora a ser realizada, com quatro voos semanais até 1 de Agosto, altura em que passa a voos diários, até 28 de Outubro. No Inverno, a companhia volta a realizar quatro voos semanais, em aviões A319 e A320, cujos preços começam nos 200 euros para voos de ida e volta, incluindo taxas.

 

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *