Ministro da Economia anuncia que e-Tax Free arranca a 1 de Abril

Por a 16 de Março de 2018 as 15:58

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, anunciou esta sexta-feira, 16 de Março, o lançamento de uma nova ferramenta para incrementar o Turismo de compras, o e-Tax Free, projecto piloto que vai ser lançado a 1 de Abril e que visa simplificar o reembolso de IVA aos turistas que realizam compras em Portugal.

“O e-Tax Free significa que os turistas, ao comprarem, vão ter directamente a possibilidade de terem desconto do IVA, na hora, podendo depois passar a fronteira com esse certificado, sem mais problemas ou mais filas para recuperarem o IVA das suas compras”, explicou o governante, durante a sessão de abertura do 1.º Summit Shopping Tourism & Economy Lisbon, no Four Seasons Ritz Hotel Lisboa.

Manuel Caldeira Cabral revelou que o e-Tax Free arranca de forma piloto a 1 de Abril, chegando a todo o país poucos meses depois, a 1 de Julho, e considerou que esta ferramenta vai funcionar como “um enorme incentivo às compras dos estrangeiros que nos visitam”.

“Este é um enorme incentivo às compras dos estrangeiros que nos visitam, para que estas compras se reforcem ainda mais, mas é também uma forma de percebermos melhor quem nos visita e para que quem nos visita e faz gastos, cria emprego em Portugal e estimula a nossa economia, consiga fazê-lo com esses incentivos fiscais a que tem direito e com muito mais facilidade”, acrescentou.

O ministro da Economia considerou ainda que o e-Tax Free “vai facilitar a vida as lojas, na sua relação com os turistas, e vai facilitar o trânsito no aeroporto de Lisboa e nos outros aeroportos do país, fazendo com que seja mais fácil e menos stressante para quem fez compras em Portugal, recuperar os créditos fiscais”.

O 1.º Summit Shopping Tourism & Economy Lisbon decorre esta sexta-feira, no Four Seasons Ritz Hotel Lisboa, com o objectivo de debater o impacto do Turismo de Qualidade e de Compras enquanto motor económico e social para Portugal.

 

 

Um comentário

  1. Popito

    16 de Março de 2018 at 16:52

    No entanto as empresas Portuguesas para recuperar IVA a seu favor passam por uma tremenda burocracia, incluindo caução do respectivo valor.
    Assim vai o estimulo ao investimento e criação de postos de trabalho

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *