Lusanova confiante quanto a 2018

Por a 11 de Março de 2018 as 20:52

A Lusanova está a realizar mais um roadshow para promover a sua programação. Ao todo são 12 as cidades que recebem a iniciativa do operador turístico, tendo até ao momento visitado já seis cidades, onde se incluem Ponta Delgada, Angra do Heroísmo, Faro, Portimão, Évora e, na sexta-feira passada, em Lisboa. Segue-se nesta próxima semana as cidades de Porto, Braga, Coimbra, Viseu e Funchal.
Tiago Encarnação, director operacional da Lusanova, destacou ao Publituris que “os agentes de viagens têm manifestado interesse nos nossos produtos, uma continuação daquilo que já vinha dos anos passados. As novidades que também temos, julgo que vão muito ao encontro daquilo que o agente de viagens pretende, não só ao nível de apoio à venda, mas também a nível dos destinos novos que estamos a lançar. Estou confiante que vai correr bem”.

Entre as novidades do operador turístico para este ano, destacam-se: o reforço na programação temática nos circuitos em autocarro, como a rota do azeite transmontano, o roteiro alentejano e a Herança Judaica, sendo que nos ibéricos também foram reforçados os programas dos caminhos sagrados; nos circuitos europeus vão existir mais circuitos com guia em português, com partidas garantidas e opção de mais incluído – Cáucaso (Arménia, Geórgia, Azerbaijão) e Itália (Campânia, Puglia, Ligúria, com destaque para a Costa Amalfitana). Nos Grandes Destinos, as novidades são as Filipinas e África do Sul, enquanto ainda na Europa a Lusanova conta com um novo catálogo para a Grécia, com circuitos com cruzeiro e combinados de praia de sete a nove dias com Atenas e Ilhas Gregas.
Dentro da oferta do operador turístico existem destinos que viram a sua programação reforçada, como é o caso do catálogo para a Índia, onde se inclui o Sri Lanka, o catálogo Argentina e Chile, a Croácia, com reforço do charter e circuito Fly and Drive, mas também os Grandes Destinos, que têm mais circuitos para a China, Japão e Sudoeste Asiático, e, por último, os Circuitos Europeus, com destaque para Itália que conta a oferta reforçada.

Questionado sobre os resultados de 2017, o responsável salientou que “foi um muito bom ano para a Lusanova, superámos os 30 milhões de euros em facturação anuais, tivemos um crescimento de 6% e o crescimento médio anual nos últimos anos tem sido de 3%, e continuamos cada vez mais presentes em todas as redes, o que para nós é muito satisfatório”. “2017 foi um bom ano e esperemos que 2018 continue a ser a consolidação de 2017”, conclui.

*Leia mais na próxima edição do Publituris.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *