Aeródromo de Cascais vai ser requalificado para receber aviação executiva

Por a 30 de Janeiro de 2018 as 17:28

O Aeródromo Municipal de Cascais (ou aeródromo de Tires, como também é conhecido) vai ser requalificado para passar a aeroporto e poder receber tráfego executivo internacional, afirmando-se como uma alternativa ao aeroporto de Lisboa, segundo informação avançada pelo Expresso, que cita o director do Aeródromo Municipal de Cascais, Miguel Sanches.

“No Aeródromo Municipal de Cascais, tem vindo a ser feito um trabalho de qualificação, tendo em vista a transformação num aeroporto destinado à aviação executiva”, revelou o director daquela infraestrutura, na informação avançada no passado sábado, 27 de Janeiro.

As intervenções devem estar concluídas até Julho e incluem a renovação do terminal de passageiros, que vai passar a ter efectivos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e da Autoridade Tributária e Aduaneira em permanência, estando ainda previstos trabalhos nos acessos à infraestrutura.

Apesar das intervenções anunciadas, o Aeródromo Municipal tem vindo a ser alvo de melhorias nos últimos cinco anos, num investimento que ronda os 3,2 milhões de euros e que levou já à subida de categoria da infraestrutura, uma vez que a Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) certificou o aeródromo em classe III em Outubro passado, o que permite já receber tráfego internacional, mas com condicionantes.

Com as novas intervenções, o Aeródromo Municipal de Cascais deverá ascender à classe IV, o equivalente à categoria de aeroporto. Recorde-se que as infraestruturas aeroportuárias são classificadas de I a IV, consoante as restrições de tráfego.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *