6.º Workshop Internacional de Turismo Religioso espera 150 hosted buyers e 5 mil reuniões

Por a 30 de Novembro de 2017 as 16:46
Fátima

O 6.º Workshop Internacional de Turismo Religioso, que decorre em Fátima, entre 22 e 24 de Fevereiro, espera 150 hosted buyers de todo o mundo e deverá gerar cerca de cinco mil reuniões de negócio, números que levam Alexandre Marto, vice-presidente da ACISO – Associação Empresarial de Ourém-Fátima, a mostrar-se confiante quanto ao sucesso do evento.

“Acho que vai ser possível ultrapassar os números de 2017. No ano passado e há dois anos, o evento esgotou e, este ano, vamos aumentar o número de hosted buyers até 150, não podemos convidar mais por razões logísticas. Por isso, acho que vamos esgotar com facilidade”, disse o responsável ao Publituris.

Alexandre Marto explicou que o objectivo é ter uma lista de participantes “equilibrada”, com hosted buyers que já participaram noutras edições e outros em estreia, existindo também a intenção de diversificar a origem dos buyers, motivo pelo qual a organização “está cada vez mais focada em origens extra-europeias”, prevendo-se a participação de mais de 60 hosted buyers de fora da Europa, incluindo asiáticos.

Além dos hosted buyers, o workshop vai contar também com a participação de vários fornecedores, além das regiões de turismo do Centro, Lisboa, Porto e Norte de Portugal, Alentejo e Açores, que vão apoiar o evento com a realização de pós-tours para os hosted buyers participantes.

De acordo com o vice-presidente da ACISO, que é uma das entidades responsáveis pela organização, a intenção é tornar este workshop num evento de referência internacional no âmbito do Turismo Religioso, motivo pelo qual a organização pretende que esta seja um evento “cada vez mais aberto”.

“Este workshop pretende não apenas ser uma montra do território nacional, mas também afirmar-se como o evento de referência mundial para o encontro do trade do Turismo Religioso Católico”, afirmou.

Novidade na edição de 2017 é o Workshop sobre Turismo de Herança Judaica, que funciona como um complemento e que vai decorrer na Guarda, a 24 de Fevereiro, numa iniciativa que conta com a participação de 30 operadores especializados neste segmento, provenientes dos EUA, Canadá, Israel e Brasil, e que tem o apoio da Câmara Municipal da Guarda e do Turismo de Portugal.

“Já tínhamos alguma experiência com este segmento e, agora, houve o desafio da Câmara Municipal da Guarda e o Turismo de Portugal mostrou-se interessado em potenciar esta ideia”, referiu, explicando que o objectivo passa por “desenvolver e promover produtos turísticos que permitam combater a divergência face a outros locais com maior procura turística”.

O 6.º Workshop Internacional de Turismo Religioso vai incluir ainda um seminário no Centro Pastoral de Paulo VI, em Fátima, não sendo ainda conhecidos os temas que vão estar em debate. As inscrições devem abrir em breve.

 

 

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *