AHRESP diz que OE2018 devolve estabilidade e confiança à hotelaria e restauração

Por a 29 de Novembro de 2017 as 10:42

A AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal veio esta quarta-feira, 29 de Novembro, congratular-se com a aprovação do Orçamento do Estado 2018 (OE2018), que considera positivo para empresas de restauração e alojamento turístico, uma vez que devolve a “estabilidade e confiança que o sector e as empresas necessitam”.

Em nota à imprensa, a AHRESP destaca que o OE2018 “reflectiu as principais reivindicações para a defesa dos direitos e interesses das empresas dos sectores” da restauração e alojamento turístico, uma vez que evita “aumentos da carga fiscal e dos custos de contexto”.

“O Orçamento de Estado para 2018 mantém o compromisso assumido pelo Governo, renovando a autorização legislativa para a reposição da taxa do IVA dos serviços de bebidas, conferindo a estabilidade e confiança que o sector e as empresas necessitam, para continuar a gerar riqueza e postos de trabalho na economia nacional”, refere a associação em comunicado.

A AHRESP congratula-se também por ter conseguido “manter inalteradas as condições para as empresas da Restauração e Bebidas”, no que diz respeito ao IRS, enquanto no alojamento local, sublinha a associação, foi conseguida uma “aprovação mais favorável”, em resultado das propostas introduzidas pela AHRESP à versão inicial do Orçamento de Estado.

Apesar de satisfeita com o OE2018, a AHRESP realça que o Pagamento Especial por Conta e a extinção da contribuição de 1% para os fundos de compensação são temas que continuam na “agenda reivindicativa”, uma vez que, diariamente, geram “custos de contexto e burocracia” para a actividade destas empresas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *