APAVT exige respeito pelo sector

Por a 26 de Novembro de 2017 as 10:41

Ao fim de cinco anos, a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) volta a realizar o congresso além-fronteiras concretamente em Macau.
Foram cerca de 700 congressistas que participaram no XLIII Congresso da APAVT que aconteceu até este sábado, dia 25, na Torre de Macau.
No discurso de encerramento, e depois de ter sido apresentado um estudo sobre o valor económico da distribuição turística em Portugal, cujo mote foi lançado na BTL 2017, Pedro Costa Ferreira, presidente da associação, sublinhou que um sector que “cresceu nos últimos quatro anos, mais do que a economia portuguesa no seu todo, que representa, em valor directo , indirecto e induzido, 3.242 milhões de euros, cerca de 2,1% do PIB nacional, cerca de 18 vezes o VAB da Auto-Europa, cerca de 75% do VAB de todo o grupo EDP, é um sector que não deve pedir respeito, é um sector que tem de exigir respeito!”
Acresce ainda o facto da distribuição turística ser um dos sectores que mais empresas novas atrai e que, nos últimos quatro anos, tem crescido mais do que a economia nacional, que “tem uma dimensão média das empresas superior à média da economia nacional”, é um sector que “contrata pessoal mais qualificado do que a média do sector,e do que a média da economia nacional”.
“Somos, pois, uma comunidade de empresas com saúde, crescimento recente e a pensar o futuro”, conclui o presidente da APAVT.

*Em Macau a convite da APAVT.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *