Adoramos o Turismo, mas nas outras cidades

Por a 27 de Outubro de 2017 as 11:37

Adoramos o Turismo, mas só se for nas outras cidades. Nas cidades onde vivemos e onde trabalhamos, o Turismo só traz problemas, só nos afasta de viver no centro da cidade, só nos entope os transportes públicos e nem pensar em ir a um museu ou passear nos centros históricos da nossa cidade. Como percebemos este flagelo e somos solidários com os outros, quando viajamos para outras cidades ficamos nas periferias, não gostamos de ficar instalados no centro, perto das principais atracções da cidade, porque percebemos que isso incomoda os moradores que ali vivem, também não preferimos os restaurantes da moda, sobretudo se estiveram nas zonas turísticas. Não, não vamos perturbar a normal vida das pessoas. E também preferimos não sair dos nossos quartos, vemos as cidades através das janelas, ou então, se tivermos mesmo de ir para a rua, andamos a pé, para não retirar o lugar no metro ou no autocarro às pessoas que vivem em Paris, em Londres ou em Roma. Como bons turistas é isso que fazemos ou quando vamos para fora esquecemo-nos por momentos do flagelo que vivemos nas nossas cidades? Tendo acompanhado alguns debates para as autárquicas, sobretudo dos candidatos às cidades do Porto e Lisboa, pasmo-me com algumas ideias que se tem sobre o Turismo. O Turismo tem de pagar isto, o Turismo tem de pagar aquilo. Gostava de ver um debate positivo pelo Turismo. Queremos crescer com o Turismo. Queremos ser melhores com Turismo. Queremos dar melhores condições aos que vivem e aos que visitam as nossas cidades.

*Editorial da edição 1351 do Publituris de 15 de Setembro.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *