Companhias do Grupo Lufthansa com 12,7M de passageiros em Setembro

Por a 12 de Outubro de 2017 as 10:27

As companhias aéreas do Grupo Lufthansa transportaram um total de 12,7 milhões de passageiros em Setembro, total que representa uma subida de 17,8% face a igual mês de 2016 e que eleva para 98,4 milhões os passageiros transportados ao longo deste ano, 17,5% a mais que nos primeiros nove meses de 2016.

“No total, este foi o maior número de passageiros transportados pelo Grupo Lufthansa em comparação com o mesmo período de toda a história do Grupo”, sublinha o grupo de aviação em nota à imprensa, acrescentando que também o load factor de Janeiro a Setembro subiu 2,1 pontos percentuais, fixando-se nos 81,4%.

Relativamente a Setembro, o load factor das companhias do Grupo Lufthansa também subiu, atingindo os 83,8%, crescimento de 1,4 pontos percentuais, enquanto a capacidade aumentou 11% e as vendas deste mês subiram 12,9%.

“Os efeitos do câmbio foram de novo positivos”, destaca o grupo que detém as companhias aéreas Lufthansa, SWISS, Austrian Airlines, Eurowings, Germanwings e Brussels Airlines.

O Grupo Lufthansa revela também que as suas companhias aéreas de rede, como a Lufthansa, SWISS e Austrian Airlines, transportaram 9,3 milhões de passageiros em Setembro, 5,1% mais do que no mesmo período do ano anterior, tendo o número de lugares disponíveis aumentado 1,1% em Setembro, apesar de o número de voos ter sido reduzido em 0,8%. Já o volume de vendas subiu 2,9% no mês de Setembro, enquanto a taxa de ocupação aumentou em 1,5 pontos percentuais para 83,7%.

Nos primeiros nove meses do ano, as companhias aéreas de rede transportaram 73,9 milhões de passageiros, ou seja, 5,8% mais do que no mesmo período do ano anterior, enquanto a taxa de ocupação destas companhias aumentou 2,3 pontos percentuais para 81,6%.

A Lufthansa sozinha transportou 6,3 milhões de passageiros em Setembro, aumento de 4,2% comparado com o mesmo mês do ano passado, o que permitiu aumentar as vendas em 1,9%, ainda que o número de lugares oferecidos tenha descido 0,4%. Já a taxa de ocupação da companhia cresceu 1,9 pontos percentuais, fixando-se nos 84,6%.

No acumulado de Janeiro a Setembro, a Lufthansa transportou 50,1 milhões de passageiros, 4,4% a mais que nos primeiros nove meses de 2016, enquanto a taxa de ocupação de 82% foi 2,7 pontos percentuais mais alta do que nos primeiros nove meses de 2016.

Já as companhias aéreas ponto-a-ponto, como a Eurowings (incluindo a Germanwings) e a Brussels Airlines, transportaram aproximadamente 3,4 milhões de passageiros em Setembro, dos quais 3,1 milhões em voos de pequeno e médio curso e 220 mil em longo curso, aumento de 77,3% em comparação com o ano anterior. A capacidade oferecida por estas companhias ficou 107,2% acima do nível do ano anterior, enquanto o volume de vendas subiu 108,4%, “resultando num ligeiro aumento na taxa de ocupação”, refere o Grupo Lufthansa.

Nos voos de voos de pequeno e médio curso, estas companhias aéreas aumentaram a capacidade em 69,3% e subiram o volume de vendas em 75,4%, resultando num aumento de 3,0 pontos percentuais na taxa de ocupação de 85,6%. Nos voos de longo curso a ocupação desceu 8,8 pontos percentuais, para 80,9%, seguindo um aumento de 329,5% na capacidade e um aumento de 287,2% no volume de vendas.

“O número de passageiros em voos longo curso das companhias aéreas ponto-a-ponto em Setembro foi aproximadamente 4,5 vezes maior do que no ano anterior”, indica ainda o Grupo Lufthansa.

No acumulado do ano, as companhias aéreas ponto-a-ponto transportaram um total de 24,5 milhões de passageiros, 75,8% mais do que no mesmo período do ano anterior, enquanto a taxa de ocupação de 80,3% foi 0,3 pontos percentuais mais alta do que no ano anterior.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *