“Temos uma lista credível, de gente conhecida e transversal”

Por a 14 de Setembro de 2017 as 19:16

Pedro Costa Ferreira, actual presidente e candidato às próximas eleições da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), apresentou esta quinta-feira a lista ‘Juntos pelo Futuro’, uma lista que classificou de “credível, de gente conhecida e transversal”. “Temos DMC’s, Incoming, Operadores Turísticos, Lazer e Corporate. Temos Micro e PME’s. Todos à volta desta ideia de Juntos pelo Futuro, porque estamos a falar dos próximos anos e para olharmos para esses anos com algum optimismo temos, antes de mais, de estar juntos”, começou por dizer.

Uma das novidades destacada é a presença de Tiago Raiano (Turangra), como presidente da Assembleia-geral, enquanto que Armando Ferraz (Oásis) mantém-se como presidente do Conselho Fiscal. Em relação à direcção, acompanham Pedro Costa Ferreira, Nuno Mateus (Solférias), Eduarda Neves (Portugal Travel Team), Tito Silva (Caravela) e Paula Alves (TravelTailors). Todos da anterior direcção. As novidades são Duarte Correia (W2M) e Rui Pinto Lopes (Pinto Lopes Viagens). Como suplentes estão Rosário Morais (Veja) e Dafne Lemos (Quasar).

Quanto aos mandatários da campanha, os nomes Fernando Guimarães (AVIC), São da Graça (Graçatur) e José Manuel Antunes (Sonhando) foram escolhidos porque “se reconhecem na direcção e nós reconhecemos neles os agentes de viagens de Portugal, aqueles que toda a vida foram agentes”, explicou Pedro Costa Ferreira.

A candidatura “Juntos por Futuro” tem três princípios orientadores: Juntar, dialogar e a internacionalização da associação. “A APAVT não é um espaço de uns contra os outros, é um espaço de todos. Quem acompanhou a vida da APAVT, nos últimos seis anos, sabe que tentei juntar toda a gente. A APAVT dialoga com todas as associações, em todos os momentos. Essa é a minha forma convicta de estar na associação. Em terceiro lugar, a internacionalização. Acolhemos, em seis anos, três reuniões bianuais da ECTAA, os dois congressos mais procurados no mundo (DRV e ABTA) e duas regiões portuguesas foram destinos preferidos da ECTAA e não será sequer repetível”, defendeu.

Uma das prioridades desta candidatura é manter os capítulos enquanto modelo decisório. “É nos capítulos que nasce a agenda da associação e as decisões e que depois são ratificada em direcção. É através dos capítulos que elevamos a participação na associação, trazemos os assuntos às agências de viagens e fomentamos o diálogo entre os subsectores que representamos”, acrescentou. Uma das novidades dos capítulos é o nome de Carlos Neves (Bestravel) para coordenador do Capítulo da Distribuição. “O Capítulo da Distribuição não trabalhou bem, não o conseguimos dinamizar e, por isso, fomos buscar uma pessoa em quem confiamos e que vai liderar o capítulo.

Estamos preocupados em facilitar e dinamizar o diálogo da distribuição com os operadores turísticos”, disse Pedro Costa Ferreira. Além do mais, o responsável revelou ter sido contactado por Pedro Gordon (GEA) e Maria José Silva (RAVT), que se disponibilizaram para colaborar no Capítulo da Distribuição.

Veja as medidas do programa aqui e os nomes que integram a lista  aqui.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *