Fátima espera um milhão de dormidas em 2017

Por a 11 de Julho de 2017 as 19:27

O número de dormidas em Fátima deverá, este ano, chegar à marca de um milhão, revelou esta terça-feira, 11 de Julho, a ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, durante uma conferência de imprensa em que a associação fez um balanço positivo do primeiro semestre das comemorações do Centenário das Aparições.

“Este ano, Fátima provavelmente vai ultrapassar um milhão de dormidas”, estimou Alexandre Marto, vice-presidente da ACISO, revelando que, em 2016, a cidade terá contabilizado cerca de 800 mil dormidas, número que tem ainda um carácter provisório, uma vez que ainda não foi confirmado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Alexandre Marto revelou também que 70% do número de dormidas são provenientes dos mercados internacionais, o que coloca Fátima como um dos destinos do País com maior número de dormidas de turistas estrangeiros, depois do eixo Lisboa-Cascais, Porto-Gaia e Algarve-Madeira, ainda que a taxa de ocupação continue “muito baixa”, situando-se nos 28%.

A ACISO fez ainda um balanço positivo do primeiro semestre das comemorações do Centenário das Aparições, como mostram os resultados de um inquérito realizado aos agentes económicos de Fátima depois da visita do Papa Francisco, que visitou a cidade a 12 e 13 de Maio.

Isabel Machado, project manager da ACISO, revelou que, na noite de 12 de Maio, a ocupação em Fátima foi de 100%, tendo subido 8% no período entre 9 e 15 de Maio, enquanto o preço médio chegou aos 92 euros.

Entre 9 e 15 de Maio, as vendas de alojamento somaram 4,5 milhões de euros, enquanto a restauração terá gerado vendas no valor de 1,5 milhões de euros, cerca de 37% acima de igual período de 2016, enquanto as vendas no comércio local subiram 53%, o que permite concluir que o volume de vendas registado pelos agentes económicos foi de 10,65 milhões de euros.

Aos número da hotelaria, restauração e comércio local, a ACISO junta os dados recolhidos junto da SIBS, entidade que gere a rede Multibanco, que revelam que, no mesmo período, foram realizados 40 mil levantamentos em caixas automáticas, num total de 2,3 milhões de euros, aos quais se juntam 2,4 milhões de euros em pagamentos realizados na rede Multibanco.

Para o próximo ano, Alexandre Marto espera que seja possível manter os bons resultados, tendo já previstas uma série de iniciativas que vão decorrer nos próximos meses e ao longo de 2018, com destaque para o lançamento do Manual de Turismo Religioso da Zona Centro, em Agosto, e de um novo filme promocional em realidade virtual, além da participação em feiras e da realização de workshops.

No que diz respeito a workshops, a ACISO vai realizar, a 8 de Setembro, um workshop em Seul, na Coreia do Sul, que é actualmente o terceiro mercado em Ourém-Fátima, tendo crescido 53% entre 2010 e 2015, seguindo-se um workshop nos EUA, que vai passar por Nova Iorque e Boston, a decorrer entre 14 e 18 de Dezembro.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *