destaque

IPW: A feira indispensável

Por a 5 de Julho de 2017


Com ligações directas para seis aeroportos nos Estados Unidos da América, torna-se cada vez mais apetecível disponibilizar programação para este país ao mercado português. O International Pow Wow, que aconteceu no início de Junho, em Washington, é o palco ao mais alto nível da promoção do Turismo dos EUA e também o aconselhado para iniciar negócios nesta área.

Onze anos depois, o Publituris voltou a participar no International Pow Wow (IPW), a maior feira de Turismo norte-americana, que promoveu a sua 49ª edição na capital do país, Washington D.C., pela primeira vez na sua história. Aquela que é a mostra da oferta turística dos Estados Unidos da América que mais negócio gera para o destino contou com a presença de mais de 6400 participantes provenientes de 70 países, incluindo 1300 buyers norte-americanos e internacionais, bem como 500 jornalistas e bloggers nacionais e internacionais. Estritamente profissional, o IPW reuniu no Walter E. Washington Convention Center, de 3 a 7 de Junho, profissionais de turismo de todas as partes do país, desde representantes de destinos, hotéis, atracções, equipas de desporto, empresas de transporte e outras, que ao longo de cinco dias realizaram mais de 112 mil reuniões pré-agendadas com compradores internacionais. Estima-se que as viagens iniciadas com os negócios desenvolvidos no IPW tragam 4,7 mil milhões de dólares norte-americanos em reservas directas de mercados internacionais nos próximos três anos, de acordo com uma estimativa independente efectuada pela Rockport Analytics.

Participação de buyers portugueses
Portugal conta, actualmente, com voos directos para seis aeroportos norte-americanos – Nova Iorque (Newark), Nova Iorque JFK, Miami, Washington, Filadélfia e Boston, o que torna os EUA mais apetecíveis e acessíveis ao mercado português. Desta forma, é também o contexto adequado para os operadores turísticos incluírem os EUA na sua programação ou aumentarem a oferta para os vários destinos que o país oferece.
Ao Publituris, Ana Paula Vila, International Advisory Committee Chair dos EUA em Portugal, explica que existem “muitas oportunidades, o nosso turismo para os EUA está a crescer, há mais voos directos de maneira que é a altura para promover os EUA, não só pelo país que é, mas pela diversidade da oferta que existe”. Esta edição do IPW contou apenas com um buyer português – Miguel Ferreira, director-geral do operador Exoticoonline -, mas a intenção de Ana Paula Vila é trazer mais buyers portugueses ao evento. Apesar de existir um memorando de entendimento com a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Ana Paula Vila refere que “quase nunca consigo trazer muitos buyers, o que é uma pena porque, para quem vende os EUA, este é o sítio onde se fazem os melhores negócios. E não há nada como conhecer cada um dos representantes dos Estados cara a cara para se poderem desenvolver melhor os negócios”.

Já na sua nona participação no IPW, Miguel Ferreira corrobora a opinião da responsável dos EUA, defendendo que se trata da “feira que mais produto dos EUA nos dá, de todo o país, novidades, manter contactos, procurar novos destinos, produtos, hotéis, serviços e novas atracções. Esta é a maior feira a vender o destino Estados Unidos”. O responsável aconselha os restantes operadores turísticos portugueses a marcarem presença no IPW. “Aconselho os colegas a virem. Quem quer ter e especializar-se em destinos dos EUA, se não vier a esta feira não tem produto”, conclui. Fruto desta participação está a inclusão de novos destinos na programação da Exoticoonline. O responsável adianta que, além dos já tradicionais destinos Miami e Nova Iorque, “em breve vão sair mais destinos”. São eles: Washington, Boston e Chicago. O responsável esclarece que “nem todos os destinos norte-americanos se enquadram ao mercado português”, porém, “pelo menos Nova Iorque, Los Angeles, Miami, São Francisco, Chicago, Filadélfia e Washington são destinos muito atractivos”.

Como participar?
É a International Advisory Committee Chair dos EUA em Portugal que faz a selecção dos operadores turísticos que podem inscrever-se e participar no IPW. Ana Paula Vila elabora um mailing pedindo às pessoas que façam uma pré-candidatura. Os interessados podem contactar directamente a responsável, que posteriormente elabora uma selecção baseada “no que fazem, no que vendem, neste caso EUA. Pode ser até uma empresa que não venda EUA, mas que se quer iniciar, pode contactar-me”. Depois da selecção é enviada toda a informação para os buyers se inscreverem na feira via online, onde também fazem, tempos depois, o pré-agendamento das reuniões com os ‘suppliers’ norte-americanos. “Esta é uma feira estritamente profissional, quando chegamos já temos as reuniões marcadas para os três dias. Para poderem participar no IPW têm de fazer, no mínimo, 40 reuniões, senão, não são aceites. É um dos requisitos. É uma feira que vale a pena, quem vem a primeira vez fica rendido”. “O meu objectivo é trazer mais buyers”, salienta.

IPW 2018
Em ano de celebração do seu 50º aniversário, o IPW 2018 vai acontecer em Denver, no Estado do Colorado, de 19 a 23 de Maio. Richard Scharf, presidente e CEO do Visit Denver, destacou que se trata de uma “excelente oportunidade para promover globalmente a nossa cidade e melhorar os nossos esforços quanto ao turismo internacional”. Além de se ter tornado conhecida como porta de entrada para as ‘Rocky Mountains’, Denver oferece museus e atracções emblemáticos, o segundo maior centro de artes culturais e performativas do país, o conhecido Red Rocks Park & Amphitheater. Conta ainda com o sexto aeroporto mais movimentado dos EUA com ligações a 23 destinos internacionais.

*A jornalista viajou a convite da USTravel Association, com o apoio da United.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *