Cirque Du Soleil é o principal “trunfo” do MSC Meraviglia (com fotos)

Por a 5 de Junho de 2017 as 12:17

A MSC Cruzeiros inaugurou no passado sábado, 3 de Junho, o  MSC Meraviglia, o maior cruzeiro construído por uma companhia europeia e “tecnologicamente mais evoluído”, que tem nos espectáculos exclusivos do Cirque Du Soleil a bordo o seu principal “trunfo”, segundo Eduardo Cabrita, director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal.

“O grande highlight deste navio é o Cirque Du Soleil, sem sombra de dúvida. É o mais facilmente comunicável e o mais facilmente percetível. É uma parceria fantástica porque há uma parte dedicada do navio só para o Cirque Du Soleil”, explicou o responsável aos jornalistas, à margem da cerimónia de inauguração do navio, que decorreu em Le Havre, França.

Tal como o navio, também a cerimónia de inauguração do MSC Meraviglia foi grandiosa, voltando a contar com a presença de Sophia Loren, madrinha dos navios da MSC Cruzeiros, além do artista francês Patrick Bruel e do comediante Gad Elmaleh, que apresentou a cerimónia.

Fruto de um investimento de 900 milhões de euros, dos quais 100 milhões se destinaram apenas às instalações utilizadas pelo Cirque Du Soleil, o MSC Meraviglia foi apresentado como a “oitava maravilha do mundo” e deverá atrair um maior número de clientes para a companhia, o que, de acordo com Eduardo Cabrita, é esperado também para o mercado português.

“Obviamente vai-nos ajudar, no mercado português, a conquistar mais hóspedes de cruzeiro e acredito que os próximos 10 navios – este é o primeiro dos 11 novos navios que vamos ter – vão ajudar a que o mercado português possa tornar as férias de cruzeiro numa opção”, considerou o responsável, explicando que a companhia espera também atrair os  portugueses pela proximidade, uma vez que o MSC Meraviglia vai realizar um itinerário pelo Mediterrâneo Ocidental ao longo do Verão.

Mas, apesar do principal trunfo do MSC Meraviglia consistir nos espectáculos do Cirque Du Soleil, cuja capacidade é de 413 pessoas por sessão, esta não é a única novidade do navio, uma vez que, como explicou Pier Francesco Vago, executive chairman da MSC Cruzeiros, o objectivo da companhia não era “fazer um navio grande, mas sim um navio rico”.

Com capacidade para mais de 5.700 passageiros, o MSC Meraviglia conta com 2.244 camarotes, 75% dos quais com varanda, 12 espaços distintos para refeições, incluindo Sushi Bar e vários restaurantes temáticos, 20 bares e lounges, Spa com 1.100 metros quadrados, quatro piscinas e nove banheiras de hidromassagem, teatro com 985 lugares, casino, ginásio e uma promenade com várias lojas exclusivas e que inclui o maior céu em led num navio, com 80 metro de comprimento.

O MSC Meraviglia dá origem a uma nova classe e é o maior navio de cruzeiro construído por uma companhia europeia, contando com 315 metros de comprimento, 65 metros de altura e 171.598 toneladas de arqueação bruta, sendo também mais ecológico e mais eficiente do que os restantes 12 navios da frota da MSC Cruzeiros.

Além do MSC Meraviglia, a MSC Cruzeiros aproveitou a ocasião para dar a conhecer os seus planos de expansão, com Pier Francesco Vago a referir que a companhia “vai triplicar a capacidade até 2026”, uma vez que, neste momento, se encontram três navios em construção e um quarto deverá ser entregue até ao final do ano, enquanto o ano de 2022 marca a chegada da Class World, com navios movidos a gás natural liquefeito, totalmente ecológicos e com capacidade para sete mil passageiros.

No total, a MSC Cruzeiros deverá investir mais de nove mil milhões de euros em 11 navios, cuja chegada decorre de forma gradual, até 2016.

* A jornalista viajou  a convite da MSC Cruzeiros.

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *