Thomas Cook elimina Sharm el Sheikh da sua programação

Por a 12 de Maio de 2017 as 11:36

A Thomas Cook anunciou, esta semana, a eliminação  dos voos para Sharm el Sheikh, no Egipto, depois de analisar a situação no país, num altura em que se esperava que o regresso em força do destino.
Segundo o Hosteltur, o operador turístico britânico anulou assim os cinco voos que mantinha para o Egipto, prevendo-se  que esta decisão provoque um ‘efeito dominó’ nos restantes operadores turísticos europeus a trabalhar com o destino.
O próprio Foreign and Commonwealth Office mantém o alerta das viagens para Sharm el Sheikh. A Thomas Cook realça que “não temos planos de reintroduzir Sharm el Sheikh na nossa programação até que a recomendação sofra alterações”.
Recorde-se que na WTM 2016, um estudo dava conta da recuperação dos destinos no Mediterrâneo, concretamente do Egipto e Turquia, com esta decisão do operador britânico, a recuperação pode ser dificultada.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *