destaque

Um quarto das viagens da CP estão ligadas ao Turismo

Por a 5 de Abril de 2017


No seio CP, as operações ligadas ao Turismo representam 25%. Para sustentar este segmento, a transportadora tem-se associado a organizações internacionais e melhorado os seus produtos internos. Por outro lado, 2016 representa o quarto ano consecutivo de crescimento de passageiros e receitas: mais 3% e 5% respectivamente.

CP
“Estimamos que cerca de 25% das viagens realizadas nos comboios da CP – Comboios de Portugal se enquadrem no segmento Turismo/lazer”. Esta informação, divulgada pelo departamento de comunicação da CP, mostra que um quarto das operações está relacionado com o sector turístico. A olho nu, esta estatística não é perceptível, já que, regra geral, associamos ao universo desta empresa as viagens suburbanas. Mas não, de todo. E disso mesmo dá conta a transportadora ferroviária. “Os segmentos de lazer e Turismo são indissociáveis e estratégicos, e têm merecido uma atenção especial à evolução deste mercado, acompanhando as suas tendências e exigências, procurando desenvolver soluções que lhes possam dar resposta”, adianta.
E explica como. “Com uma dinâmica comercial desenvolvida pelas equipas no terreno, tem sido possível estabelecer parcerias diversificadas com entidades e empresas das mais diversas tipologias e dimensões para criar soluções de transporte integradas com produtos culturais, gastronómicos e históricos que as diversas regiões do País têm para oferecer”. É nesse sentido, acrescenta a mesma fonte, que “a CP contribui para divulgar a oferta turística portuguesa e associar ao comboio momentos de experimentação positiva”.
A CP integra ainda a Union Internationale de Chemins de Fer (UIC), um organismo que congrega grande parte das companhias ferroviárias internacionais. Segundo a transportadora, “este organismo lançou, recentemente, um projecto dedicado à promoção do Turismo ferroviário – Toprail.org – uma plataforma online cujo objectivo passa por dinamizar este sector nos países que integram a UIC”. “Estamos, naturalmente, presentes, conferindo maior visibilidade à nossa gama de produtos turísticos e de lazer”, reforça.

Oferta turística
Questionada sobre que produtos disponibilizam aos seus clientes, a CP enumera os que mais se destacam no seu catálogo. “Temos a Rota das Amendoeiras, que é um produto de grande tradição na nossa oferta de lazer. Já com 64 anos de existência, é o mais antigo a nível turístico na empresa. Contamos também com o Comboio Histórico do Douro, em que as viagens que decorrem anualmente entre os meses de Junho e Outubro e em dias do fim-de-semana registam sempre excelente adesão, tanto com os turistas estrangeiros como nacionais. Aproveitámos ainda o período gastronómico da Lampreia para, na sua época mais proeminente, criarmos a Rota da Lampreia, em Belver. Trata-se de uma operação direccionada especialmente para grupos de amigos apreciadores do prato típico, promovendo assim a utilização do comboio na Linha da Beira Baixa”. O gabinete de comunicação da CP destaca, ainda, “a Festa das Vindimas no Douro”, que são um produto turístico e cultural que “tem ajudado a manter vivas as tradições associadas à região demarcada do Douro, uma vez que inclui a recriação de toda a tradição das vindimas e da pisa da uva”.

Bilhetes para todos os gostos
Referir ainda que a CP disponibiliza três tipologias de bilhetes que permitem usufruir das várias viagens que a empresa dispõe. “Temos o Portugal Rail Pass, que é uma forma fácil de conhecer Portugal de Norte a Sul de comboio, com todo o conforto. Permite viagens ilimitadas durante três a sete dias a realizar num mês a partir da data de compra e destina-se a cidadãos não residentes em Portugal. Dispomos também do Bilhete Família & Amigos, que é válido para viagens em sábados e domingos, com regresso no mesmo ou em qualquer outro fim-de-semana em toda a rede dos comboios Alfa Pendular e Intercidades em ambas as classes. Destina-se a famílias e pequenos grupos de três a nove elementos que podem viajar com 50% de desconto”. A lista de bilhetes dentro deste segmento finaliza com o Bilhete Turístico. “Permite viajar de forma ilimitada nos comboios urbanos de Lisboa – Sintra/Azambuja/Cascais/Sado – do Porto – Aveiro, Braga, Guimarães e Marco – e regionais da Linha do Algarve”.

Quatro anos a crescer
Pelo quarto ano consecutivo, a CP – Comboios de Portugal E.P.E., fechou 2016 com um crescimento em passageiros e receitas. Foram 115 milhões de clientes, mais três milhões que em 2015, o que representa um crescimento de 3%. Já no que respeita às receitas de tráfego, aumentaram 10 milhões de euros, significando um crescimento na ordem dos 5%, tendo o total de proveitos de tráfego ultrapassado os 230 milhões de euros.
Manuel Queiró, presidente da CP, explica que “estes resultados são fruto do trabalho de uma vasta equipa e vêm premiar a aposta da empresa no reforço da oferta e na dinâmica comercial com que se aborda o mercado”. O líder máximo da transportadora ferroviária refere ainda que “importa ter presente que este crescimento da procura requer que se olhe, seriamente, para a necessidade de investir no aumento do número de comboios, apostando, em simultâneo, numa melhoria do conforto, da pontualidade e na redução dos tempos de viagem”. Para 2017, a CP mostra-se atenta aos principais eventos de lazer e Turismo que vão ocorrer um pouco por todo o país. “Prevemos manter a trajectória de crescimento, estando atentos a todas as oportunidades. Os festivais de Verão, a visita do Papa Francisco, o Turismo ou a mobilidade quotidiana de quem utiliza o comboio para estudar ou trabalhar, são áreas onde a CP dedicará especial atenção. Haverá muita coisa a acontecer em 2017”, remata.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *