OMT preocupada com medida de Trump

Por a 31 de Janeiro de 2017 as 17:30

A Organização Mundial do Turismo (OMT) expressou a sua “profunda preocupação e forte condenação” pela recente proibição de viagens dos Estados Unidos da América aos cidadãos de sete países (Iraque, Síria, Sudão, Líbia, Somália e Iémen).
Segundo a OMT, a proibição de viajar, baseada na nacionalidade, é “contrária aos princípios de liberdade de viagem e de viagem promovidos pela comunidade internacional do Turismo e prejudicará os imensos benefícios do sector do Turismo em termos de crescimento económico e criação de emprego para muitos países, incluindo os Estados Unidos”.
“Os desafios globais exigem soluções globais e os desafios de segurança que enfrentamos hoje não devem levar-nos a construir novos muros; pelo contrário, isolacionismo e acções cegas e discriminatórias não levarão a uma maior segurança, mas sim a crescentes tensões e ameaças “, disse Taleb Rifai, secretário-geral da OMT.
“Além do impacto directo, a imagem de um país que impõe proibições de viagem de uma maneira tão hostil certamente vai ser afectada entre os visitantes de todo o mundo e existirá um risco de ‘dumping’ da procura por viagens para os EUA”, acrescentou Rifai.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *