Natura IMB analisa oportunidades de novos hotéis no litoral e no Porto

Por a 18 de Novembro de 2016 as 0:30

No próximo mês de Dezembro, a Natura IMB vai reabrir portas do remodelado Hotel Turismo da Covilhã, que apresenta agora um novo posicionamento e rebranding, passando a denominar-se por Puralã – Wool Valley Hotel & Spa.

Luís Veiga, administrador da cadeia hoteleira Natura IMB, à margem do 28º Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo, explicou ao Publituris que a remodelação total do quatro estrelas resulta de um investimento de 1,5 milhões de euros e tem como objectivo tornar a unidade num ‘hub’ do destino. A Lã vai ser o tema do renovado hotel, uma inspiração obtida na história da própria Covilhã que “sempre esteve muito ligada aos lanifícios, lãs e à própria transumância, um tema em que ninguém pegou ainda do ponto de vista de serviços de hotelaria”.

Além da própria temática e decoração, a unidade vai apresentar uma modificação total das zonas públicas, bem como dos quartos e da própria fachada. A reabertura da unidade vai coincidir com a época alta do destino, mas o responsável frisa que o posicionamento não será apenas no produto neve – aludindo ao “monopólio” da exploração e concessão dos desportos da Serra da Estrela -, mas sim direccionada para o explorador do destino, apresentando-se assim como um hotel ‘lifestyle’.

Mas as novidades da Natura IMB não se ficam por aqui. No próximo ano, o grupo hoteleiro vai iniciar também a requalificação do Covilhã Parque Hotel, actualmente com duas estrelas e 132 quartos. Em 2017, a unidade vai reabrir como um três estrelas com 103 quartos num investimento de cerca de um milhão de euros. “Vamos ter um enorme espaço dedicado aos desportos de montanha, é um hotel com um conceito muito forte e ligado à Covilhã e à Serra da Estrela”, esclarece o responsável, indicando que este vai também sofrer um rebranding passando a chamar-se Sport Hotel.

O responsável confidenciou ainda ao Publituris os próximos planos da cadeia hoteleira, que podem passar por abrir uma unidade  numa cidade do litoral, também na região Centro, onde o grupo detém todos os seus actuais hotéis, mas também de finalmente cumprir o objectivo de ter um hotel na segunda principal cidade do País, o Porto. Luís Veiga adiantou que estas oportunidades podem concretizar-se em breve, podendo o grupo anunciar assim o aumento do seu portfólio hoteleiro.

*Em Ponta Delgada, a convite da AHP.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *