Starwood disponível para ter mais unidades em Portugal

Por a 24 de Fevereiro de 2016 as 16:48

Presente em Portugal desde 1972, a Starwood Hotels and Resorts continua a ver oportunidades no País para ter mais unidades. Actualmente, a cadeia hoteleira conta com três unidades da marca Sheraton em Portugal, um dos primeiros cinco destinos da Europa a receber uma unidade Sheraton:  Sheraton Lisboa, Sheraton Porto, e, desde este mês, em regime de franchising, com o Sheraton Cascais Resort, numa parceria com a UIP, inaugurado esta quarta-feira.

Aos três Sheraton acrescem ainda o Convento do Espinheiro, A Luxury Collection Hotel & Spa, o Pine Cliffs Residence e Pine Cliffs Hotel, A Luxury Collection Resort. Dentro em breve, vai estar também incluído no portfólio da marca o Pine Cliffs Ocean Suites, A Luxury Collection Resort.

Michael Wale, presidente da Starwood para EAME, aos jornalistas, à margem da inauguração do Sheraton Cascais Algarve, indicou que o grupo hoteleiro continua a ter interesse por Portugal no que à expansão de novas unidades diz respeito.

“Desde que continuemos a ter uma imagem positiva de Portugal – é um destino muito popular para os ingleses, muito bom com os mercados desportivos, como o golfe e o cycling, que são as tendências do que as pessoas querem actualmente -, à medida que Portugal desenvolva as suas infra-estruturas turísticas, penso que há muitas oportunidades para nós participarmos neste mercado”, avança.

Michael Wale refere que “somos uma empresa com dez marcas e não tem todas em Portugal. Temos a Luxury Collection no Pine Cliffs, Sheraton Porto, Sheraton Lisboa e agora o Sheraton Cascais, mas temos outras marcas. Pensamos que Lisboa pode receber outras das nossas marcas, da nossa perspectiva pode ser bom e ter outros resorts pode ser também interessante”.

O responsável avança que a próxima marca da Starwood, em Lisboa, por exemplo, pode ser da W Hotels, explicando que a capital portuguesa “é muito atractiva para ‘short breaks’, fins-de-semana prolongados, pela sua história, gastronomia e outros aspectos culturais. Por isso, vemos Lisboa como um destino muito interessante.” A marca Aloft direcionada para um segmento ‘mid-scale’ e com um posicionamento muito focado no ‘lifestyle’ também pode ser uma possibilidade.

“Estamos desde muito cedo presentes em Portugal, temos uma longa história, por isso acho que é uma questão de oportunidade”, conclui.

Para já, a presença da Starwood com o Sheraton Cascais Resort vai “colocar Cascais no mapa de uma maneira que outras marcas não conseguem”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *