Menos visitantes nas Berlengas

Por a 10 de Dezembro de 2015 as 16:28

Berlengas“Há um imperativo de reduzir a capacidade de carga da ilha para evitar o excesso de visitantes em algumas alturas, mas queremos chegar a uma solução que não prejudique os interesses económicos, mas antes concilie todos os interesses”, disse à agência Lusa Maria de Jesus Fernandes, diretora dos parques e reservas geridos pelo ICNF na área de Lisboa e Vale do Tejo, sem avançar prazos. A responsável falava à margem das I Jornadas do Conhecimento da Reserva da Biosfera das Berlengas, que decorrem hoje na Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche.
Durante as jornadas, foram apresentados dados de monitorização da visitação que apontam para uma presença média de meio milhar de turistas, “significativamente maior” do que a capacidade máxima estipulada de 350.
O estudo do Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, coordenado por Carlos Pereira Silva, concluiu que visitam anualmente a ilha da Berlenga mais de 65.650 pessoas, das quais 43.250 na época alta (meses de verão) e 22.400 na baixa. Por dia, os visitantes chegam aos 687 na época alta e 400 na época baixa.
Em setembro de 2014, ano em que as Berlengas comemoraram os 33 anos como reserva natural, a associação ambientalista Quercus alertou para a “crescente pressão turística” na ilha, nos meses de verão.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *