» Textos: Carina Monteiro

» Fotos: Click and Play

» Data: 14 de Novembro de 2015 as 9:24

 
Distribuição

Portimar abre escritório na Madeira

Esta não é a única novidade da DMC. A marca Turitravel, criada em 2013, vai alargar a sua oferta de serviços com a criação e lançamento de pacotes turísticos, inicialmente para as ilhas e, em seguida, para outros destinos que ainda estão a ser estudados.

 

A Portimar reforçou a sua presença na Madeira com a abertura de um escritório em Outubro. A DMC esteve sempre presente na região através de parcerias com agentes locais, mas a necessidade de estar mais próximo do cliente e do produto levou a esta decisão. “O recente crescimento que temos registado e as constantes solicitações que os nossos clientes nos fazem chegar, ao nível do produto, exigem de nós uma maior proximidade junto dos agentes da região e também uma maior agilidade e celeridade nas respostas”, explica Eduardo Caetano, director executivo da Portimar.

Paulo Vasconcelos foi o nome escolhido para assumir a responsabilidade do escritório na Madeira. “O Paulo Vasconcelos veio dar-nos o impulso que precisávamos junto do produto, ele conhece muito bem a região, tem muitos anos de trabalho no destino e, de facto, isso vai trazer-nos uma nova capacidade de distribuir o nosso produto”, explica.

Segundo o responsável, nos últimos dois anos, a Portimar atingiu taxas de crescimento “muito interessantes”. Em 2014, a DMC cresceu 55% e, em 2015, vai finalizar o ano com um crescimento de 77%, atingindo, assim, uma facturação perto dos 14,5 milhões de euros. Desde Maio, Luís Pontes (ex-Full Services) juntou-se à equipa da Portimar para reforçar a operação no Algarve. “Sentimos necessidade de reforçar o nosso produto no Algarve. A região tem uma exigência, a nível de produto, superior ao resto do País. O produto é muito mais competitivo, os grandes operadores turísticos contratam directamente e, portanto, a competitividade de pricing é muito maior e mais complexa que no resto do Continente. Sentimos, por isso, a necessidade de reforçar a equipa. A nossa estratégia é, de facto, ter o melhor produto para nossos clientes”, esclarece.

Este investimento no produto permitirá que, no próximo ano, a Portimar tenha um crescimento ao nível de unidades hoteleiras directamente contratadas em cerca de 20%. “Acredito que temos seguramente uma das melhores ofertas a nível de produto. Temos, neste momento, cerca de 1200 unidades contratadas, e acreditamos que vamos chegar às 1400 unidades”, refere Eduardo Caetano.

“Queremos posicionar-nos como uma DMC de referência, não só a nível da quantidade de oferta do produto, mas também através do alargamento do nosso portfólio de actividades e capacidade de distribuir esse produto ao cliente”, conta. “Foi isso que fizemos com o investimento em tecnologia em 2013. Nesse ano, diversificámos os nossos modelos de distribuição e entrámos no mercado da distribuição online com parcerias junto dos principais players do mercado nacional e internacional. Isso reflectiu-se em 2014 com o aumento da facturação e neste ano também. Acreditamos que nos próximos anos vamos manter este ritmo de crescimento”.

Surgimento da turitravel
Foi em 2013, que a Portimar lançou a marca Turitravel, para fazer a distribuição do produto junto das redes de agências de viagens nacionais. “Tínhamos uma grande oferta de produto dentro de casa e a nossa distribuição estava a ser feita, essencialmente, no mercado internacional. Para nós, não fazia sentido não distribuir esse produto no mercado nacional. Ou seja, o mercado nacional também tem um grande potencial a nível de mercado interno, nomeadamente o Algarve, e nós não estávamos a distribuir o nosso produto no mercado nacional. A Turitravel surgiu nesse sentido, ou seja, conseguir distribuir o nosso produto no mercado nacional”, conta Eduardo Caetano. “Começámos em Junho de 2013, nessa altura já estava tudo vendido e foi um ano que aproveitámos para lançar a marca, demos a conhecê-la ao mercado, abrimos parcerias com praticamente todos os agrupamentos a nível nacional. Actualmente temos acordos com mais de 1000 agências a nível nacional”, afirma.

O balanço de 2014 é positivo para a Turitravel. Segundo o responsável, “os agentes de viagens ficaram bastante satisfeitos com o nosso serviço”. Desde o início, a marca posicionou-se com uma brochura no mercado. “Entendemos que ainda há lugar para a publicação de brochura. Este ano já introduzimos o produto internacional (Europa, Ásia, EUA). Cada vez mais os clientes pediam-nos produto internacional e foi isso que fizemos em 2015. Também aqui estamos a fazer um forte investimento na quantidade de produto, tendo neste momento uma parceria com quatro parceiros internacionais, que passarão a sete brevemente. O nosso portfólio internacional, à partida, ficará fechado, temos um critério muito rigoroso na escolha dos parceiros internacionais, no sentido de garantir que o produto oferecido é fiável e de qualidade”, refere.

Como novidades, também para o próximo ano, a marca Turitravel avançará com a oferta de serviços no mercado internacional, tais como transfers, bilhetes para espectáculos e excursões, e vai alargar a sua oferta de serviços com a criação e lançamento de pacotes turísticos, inicialmente para as ilhas e, em seguida, para outros destinos que ainda estão a estudar. “Sabemos que os grandes players nacionais já estão nas ilhas, com condições especiais, aviões próprios. Queremos perceber como podemos oferecer algo de diferente para o cliente. Esta será uma área nova para a empresa, onde nos queremos distinguir na qualidade de serviço ao agente de viagens e também na qualidade dos serviços oferecidos, através de parcerias com agentes locais criteriosamente escolhidos, por forma a garantir os padrões que nos propomos. Queremos lançar já pacotes turísticos para o Verão 2016 no mercado nacional e espanhol”, adianta o responsável.

Esta é uma área [cruzeiros] que tem crescido bastante nos últimos anos no nosso País e, também aqui, temos feito uma forte aposta que resultou na recente parceria com uma das maiores marcas do sector, a Costa Cruzeiros.”

1304_pg08_1

No que diz respeito ao produto cruzeiros, a Portimar também tem algumas novidades. “Esta é uma área que tem crescido bastante nos últimos anos no nosso País e também aqui temos feito uma forte aposta que resultou na recente parceria com uma das maiores marcas do sector, a Costa Cruzeiros. Está representada pela Portimar no Porto de Lisboa desde Junho de 2015 e estamos, neste momento, presentes nos três terminais de cruzeiros existentes no Continente e contamos estar muito brevemente presentes no Terminal de Cruzeiros do Funchal”, revela.

Futuro
Ter uma presença forte em todas as áreas do receptivo e afirmar a Portimar como um parceiro de referência de sucesso é o objectivo da empresa no futuro, a par do desenvolvimento da marca Turitravel.

“A Portimar mudou muito nos últimos anos, houve mudanças a nível da administração da empresa e a nível societário. A Portimar tinha vindo a decrescer o seu volume de negócios e a sua posição de DMC a nível nacional. Sentimos que era necessário virar a página e isso só se conseguiria fazer se houvesse uma aposta forte na Portimar. Foi isso que o Oliver Zahn fez quando assumiu a Portimar: criar condições para que a Portimar pudesse crescer, nesta nova dinâmica do sector”, concluiu.

Como novidades, também para o próximo ano, a marca Turitravel avançará com a oferta de serviços no mercado internacional, tais como transfers, bilhetes para espectáculos e excursões, e vai alargar a sua oferta de serviços

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *