» Textos: Raquel Relvas Neto

» Fotos: DR

» Data: 14 de Novembro de 2015 as 10:51

 
Distribuição

Austrália e Nova Zelândia são aposta da YOU Tour Operator

A programação do operador turístico para o próximo ano vai incluir mais um destino fora do formato.

 

Oito meses depois de se apresentar ao mercado na BTL, em Março, a YOU Tour Operator continua a reforçar a sua oferta de destinos com produtos diferentes.

Os destinos fora do formato são o cartão-de-visita do operador turístico. Miguel Barradas, director-geral da YOU Tour Operator, indica, em entrevista, que não está nenhum destino por inventar, sendo que o operador pretende “encontrar soluções com menos oferta no mercado”, ou seja, combinações possíveis entre destinos. Neste sentido, na programação do próximo ano, vai ser incluída a Oceânia na sua oferta. Miguel Barradas afirma que “achámos que era chegada à altura de divulgar um pouco os produtos para a Oceânia”, também devido às oportunidades e competitividade de preços que companhias aéreas como a Emirates, Turkish Airlines e Cathay Pacific proporcionaram ao mercado.

A Oceânia vai assim entrar na nova programação para 2016 de forma isolada ou com combinações com destinos na Ásia. “A Austrália será a base do produto, com nove ou dez dias, com a Emirates ou a Cathay, incidiremos especialmente em Sydney, em Annsrock no interior e em Cairns (barreira do coral) e, depois, ou faz uma extensão à Nova Zelândia de seis dias, ou às Ilhas Fiji, com quatro noites e oportunidade de noite extra, e o regresso com a opção de poder fazer o ‘stop over’ em Singapura ou em Hong Kong.”

“Toda esta fase de visitas veio trazer frutos, porque aumentámos a solicitação de orçamentos”, Miguel Barradas, director-geral da YOU Tour Operator

Novidades
Mas as novidades do operador não se ficam por aqui. No início do próximo ano, Miguel Barradas adianta que o operador turístico vai promover um conjunto de acções de formação, por vários pontos do País, junto dos agentes de viagens para promoverem os destinos fora de formato que operam, aconselhar sobre hotéis e serviços nos destinos e esclarecer dúvidas que os profissionais do sector possam ter. ”Em 2016, queremos ter uma intervenção diferente, mais perto do agente de viagens”, refere. O Irão vai ser o destino em destaque, de forma a desmistificar a carga negativa que o nome do destino tem, como explica o responsável, trata-se da Antiga Pérsia e de toda a riqueza cultural e histórica que lhe está associada. “O Irão não é um país árabe, é muçulmano. É completamente diferente de um país árabe”.

Ayers Rock - Uluru, na Austrália, é uma das atracções do destino.

Ayers Rock – Uluru, na Austrália, é uma das atracções do destino.

E é neste destino que vai também ser apresentada uma novidade: “Vamos ter uma mais-valia em relação aos outros operadores, vamos ter a acompanhar o produto Irão um iraniano a viver em Portugal há 24 anos. Fala português, conhece bem o país”.

Este profissional fará a ligação com os guias locais e acompanhará os grupos de turistas portugueses da YOU Tour Operator de forma a resolver situações que possam surgir numa viagem.No início do próximo ano, entre Janeiro e Fevereiro, está previsto o lançamento do catálogo com a programação para 2016, “com mais produto e mais abrangente”.

Mas, para já, no site da YOU Tour Operator estão a ser carregados datas para as praias – Maldivas, Polinésia Francesa, Vietname, entre outras -, com datas até Abril de 2016.

Balanço
Miguel Barradas considera que 2016 vai ser um ano para “consolidar e dar continuidade ao trabalho” realizado até então, desde a participação em feiras, workshops e o porta-a-porta pelas agências de viagens do País. “Toda esta fase de visitas veio trazer frutos, porque aumentámos a solicitação de orçamentos”, revela, explicando que a concretização de orçamentos ainda não é “tanto como desejávamos”, mas as perspectivas são positivas.
O responsável sustenta que a YOU Tour – Operator quer “ser um operado para ajudá-los [aos agentes de viagens] em qualquer topo de orçamentação para qualquer lado do mundo”.

Miguel Barradas considera que 2016 vai ser um ano para “consolidar e dar continuidade ao trabalho” realizado até então, desde a participação em feiras, workshops e o porta-a-porta pelas agências de viagens do País

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *