Lucios constrói Hotel Almalusa

Por a 4 de Novembro de 2014 as 18:00

Hotel Almalusa é o nome do novo boutique hotel que vai ser construído na Praça do Município, em Lisboa.

A unidade surge da conversão de um edifício, cujos trabalhos irão decorrer até Abril de 2015, anunciou a Lucios, responsável pela empreitada.

Filipe Azevedo, administrador da Lucios, afirma em comunicado que com o unidade em Lisboa e o já anunciado Hotel Heroísmo, no Porto, “são já dez os hotéis que reunimos no nosso portefólio em apenas quatro anos. Esta é a prova de que o nosso know-how e de que a qualidade das nossas obras têm sido reconhecidos no mercado hoteleiro.”

Ao que o Publituris apurou, o projecto de arquitectura estará a cargo da empresa Rebelo de Andrade, sendo que se trata de um hotel de quatro pisos, mais outros três para apartamentos. No total, serão 28 quartos e três apartamentos T2, cada um destes com cerca de 100m2.

No que respeita aos trabalhos a efectuar pela Lucios, o orçamento é de um milhão de euros e a obra estará concluída em Abril de 2015. 

“Nos pisos superiores colocam-se os apartamentos, aproveitando a racionalidade do edifício e criando áreas com limites bem definidos e bem estruturadas, claras e funcionais em termos residenciais e hoteleiros ao mesmo tempo”, explicou ao Publituris a Lucios, adiantando que os os apartamentos “serão concebidos num conceito integrado na restante unidade e terão a capacidade de serem comercializados em termos imobiliários e/ou de exploração hoteleira.”

No que respeita ao hotel, “cada quarto terá luz natural, numa linguagem de serenidade que permite juntar o património histórico ao contemporâneo, de forma a que o conforto, a linguagem decorativa e a eficiência funcional seja exemplar, mas descomprometida, aproveitando o melhor de cada universo.”

Por sua vez, as áreas públicas “serão dedicadas à entrada da unidade, zona de recepção, sala de estar e área dos pequenos-almoços e refeições, acessos aos pisos superiores e área de serviços, num conceito e ambiente cosmopolita.”

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *