Marrocos tem novo Museu de Arte Contemporânea

Por a 15 de Outubro de 2014 as 16:41

O centro da cidade de Rabat, em Marrocos, conta agora com um novo Museu de Arte Contemporânea – o Museu Mohammed VI (MMVI), que abriu portas ao público na semana passada.

O museu, o primeiro do país dedicado inteiramente à arte moderna e contemporânea e o primeiro museu nacional construído desde 1958, pretende “preservar e conservar, valorizar e promover o património nacional, cobrindo a evolução da criação artística marroquina nas artes plásticas e visuais do início do século XX aos nossos dias”.

A exposição inaugural do espaço, com o mote ‘1914-2014: cem anos de criação’, apresenta 400 obras de 150 artistas marroquinos, de diferentes gerações de criadores marroquinos ao longo de um século, entre as quais, as obras dos pintores Farid Belkahia, Mohamed Chabaa, Mohamed Kacimi, Chaïbia Tallal ou Hassan El Glaoui.

O museu será um espaço de exposições, mas também de produção de obras de arte e de formação, tendo desenvolvido parcerias com instituições como o Louvre, em Paris, e o Museu das civilizações da Europa e do Mediterrâneo (MUCEM), em Marselha, para formar novas competências e organizar exposições conjuntas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *