Turismo na Europa aumenta 5,4% em 2013

Por a 3 de Setembro de 2014 as 15:21

Durante o ano de 2013, o número de chegadas de turistas internacionais na Europa aumentou em 5,4% face ao ano anterior, o que corresponde a um aumento continuado durante os últimos quatro anos, revela um estudo da European Travel Commission (ETC) divulgado pela ITB Berlim.

Segundo o relatório, que investigou o impacto dos turistas na Europa de vários mercados emissores europeus e não-europeus, cerca de 50% das chegadas foram realizadas por visitantes de oito países, onde a Alemanha se destaca com 14% , seguindo-se o Reino Unido, com 9%.

O terceiro lugar é ocupado pela Rússia, com 6%, que apesar da época de instabilidade política que atravessa, espera-se que os números de chegadas na Europa se mantenham em 2014.

Os restantes países com o maior número de chegadas na Europa é composto por França, Holanda, Itália, e, por último os EUA, cuja participação nas chegadas internacionais cresceram substancialmente em 2013.

A Rússia registou um aumento de 13% em 2013 no número de chegadas no continente em comparação com o ano anterior, sendo considerado um mercado mais dinâmico do que outros mercados intra-regionais.

Enquanto os mercados do Reino Unido e da Alemanha, que geram os maiores volumes de chegadas internacionais, apresentaram um crescimento mais moderado. As chegadas dos turistas alemães nos últimos anos cresceram apenas em 1,5%, no entanto, para 2016, é esperado que continuem a ser fortes players.

A médio longo prazo também está previsto que o mercado chinês comece a ganhar posição na Europa, quando em 2013 parte das chegadas internacionais da China foram de apenas 1,3%, mas o seu mercado cresceu em 23%.

Por fim, o estudo da ETC perspectiva que, entre 2013 e 2016, as chegadas internacionais para a Europa cresçam em cerca de 3,8% e, além da Alemanha e Reino Unido, também os EUA irão desempenhar um papel importante, uma vez que 27% do total dos visitantes estrangeiros chegam desses três países.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *