Emirates cancela encomenda de 70 A350

Por a 11 de Junho de 2014 as 14:46

A companhia Emirates cancelou a encomenda de 70 aviões do novo modelo do fabricante europeu Airbus A350, que tinha pedido em 2007, oficialmente devido a “um reajustamento da frota”.

A Airbus vinculou num comunicado aquele cancelamento com o pedido que a Emirates lhe fez em Novembro último, com um “memorando de entendimento” que se deve formalizar num contrato de compra de 50 unidades do avião gigante A380.

A esta encomenda junta-se um pedido prévio de 90 aparelhos do mesmo modelo A380, que pode transportar 555 passageiros na configuração básica.

Um porta-voz do construtor aeronáutico explicou que a tendência geral das companhias aéreas é virarem-se para “aviões grandes porque há muitos aeroportos saturados” devido ao aumento do tráfego.

A encomenda da Emirates agora cancelada, que deveria começar a ser entregue em 2019, incluía 50 aviões da versão A350-900, cujo preço de catálogo é de 295,2 milhões de dólares cada um, e 20 A350-1000, a 340,7 milhões de dólares cada um.

A Airbus, que actualmente está a realizar ensaios de voo do A350, espera obter a certificação “nos próximos meses” para que os aparelhos entrem ao serviço no final do ano. A Qatar Airways vai ser a primeira companhia a explorar comercialmente o A350.

O A350-900 na configuração básica pode transportar 314 passageiros, um número que sobe para 350 passageiros na versão com mais capacidade, o A350-1000, ou seja praticamente menos 60% que o A380.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *