CPLP e OMT apostam na cooperação no turismo

Por a 2 de Dezembro de 2013 as 18:25

O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), embaixador Murade Murargy, e o secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Taleb Rifai, assinaram esta segunda-feira um memorando de entendimento, que visa a cooperação das duas organizações no turismo dos países de língua portuguesa.

No memorando constam pontos de interesse como a preparação do Plano Estratégico de Cooperação em Turismo da CPLP, assim como a capacitação institucional e formação técnico-profissional para o desenvolvimento e promoção do turismo sustentável.

No âmbito deste acordo, é objectivo das duas organizações desenvolver um turismo responsável e ético e melhorar a competitividade do turismo.

Durante o evento, que decorreu na sede da CPLP, Murade Murargy ressalvou a importância do turismo nos países de língua portuguesa, dizendo que este “é um sector que tende a ganhar importância acrescida na vida económica dos nossos Estados, uma vez que vai dinamizando e promovendo o conhecimento mútuo entre cada vez mais cidadãos da nossa comunidade”.

O responsável admitiu ainda durante a cerimónia que “o turismo pode contribuir de maneira eficaz para a redução da pobreza, abrindo novas e abundantes fontes de emprego para as populações, ao mesmo tempo que facilita o desenvolvimento regional e local e proporciona um acesso mais generalizado das populações às infraestruturas básicas.”

Taleb Rifai afirmou que “estamos muito empenhados em trabalhar em conjunto” e ressalvou, durante a assinatura do acordo, a importância deste grupo de países, que representam cerca de 250 milhões de pessoas, um número que diz ser bastante significativo.

O responsável, que salientou a importância da representação dos países da CPLP no sector do turismo, disse ainda que “podemos trabalhar em conjunto em diversas áreas, como na facilitação de viagens, iniciativas de promoção, boas práticas, inovação”, entre outras.

Taleb Rifai concluiu o seu discurso afirmando que este acordo “foi apenas o início”. “Estamos empenhados em desenvolver o turismo nos países de língua portuguesa”.

No evento estiveram também presentes membros do Governo de Estados-membros da CPLP, nomeadamente Pedro Mutindi, da República de Angola, Carvalho Muária da República de Moçambique, e Adolfo Mesquita Nunes, secretário de Estado do Turismo.

Na celebração, Adolfo Mesquita Nunes referiu que “temos entre nós um dos mercados que mais tem crescido, o Brasil, temos Timor, temos um dos mercados receptores turísticos maiores do mundo, que é Portugal, e temos países de África, como é o caso de Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique, que são neste momento, para qualquer investidor na área do turismo, todos de grande interesse.”

“Uns mais desenvolvidos que outros, mas todos merecem uma especial atenção”, concluiu o responsável. Referindo-se a este acordo com a OMT, Adolfo Mesquita Nunes afirmou que “a CPLP ganha agora um espaço” junto das tendências mundiais do turismo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *