Governo português desaconselha viagens ao Egipto

Por a 4 de Julho de 2013 as 12:21

A Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas emitiu, hoje, um comunicado a desaconselhar as “viagens não essenciais ao Egipto, à excepção de algumas estações balneares mais importantes do Mar Vermelho”.

Este alerta surge devido à instabilidade política, social e económica e aos acontecimentos dos últimos dias que têm acontecido no país. 

Viagens ao Sinais Norte e às províncias do Delta e do Canal de Suez, com destaque para Port Saïd, Ismailia e Suez, bem como descolações à Praça Tahrir (incluindo o Museu do Cairo), Maspero, Shubra e Downtown na capital egípcia, Cairo, são os pontos principais a evitar. 

O Governo português desaconselha ainda qualquer viagem às áreas de fronteira com o Sudão e a Líbia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *