“Imagem pobre” da Rússia no estrangeiro afecta o turismo receptor

Por a 2 de Abril de 2013 as 9:29

A “imagem pobre” da Rússia no estrangeiro está a funcionar como um entrave ao desenvolvimento do seu turismo receptor, nomeadamente na captação de visitantes oriundos dos EUA e Europa Ocidental, de acordo com uma pesquisa divulgada na conferência ‘WTM Vision’ de Moscovo.

Dados do Euromonitor International revelaram que o destino recebeu 26 milhões de turistas, em 2012, um resultado que representou um “crescimento sólido”.

No entanto, a Rússia ainda “depende muito” dos fluxos oriundos de países vizinhos, uma tendência que é preciso inverter, através da captação de turistas oriundos de mercados mais longínquos. Mais de metade dos 26 milhões de turistas registados são da Ucrânia, Cazaquistão e Uzbequistão, uma tendência que não deverá alterar-se muito até 2017.

A pesquisa deu conta de que “a burocracia dos vistos, a segurança, as infra-estruturas e a qualidade dos serviços contribuem para a imagem pobre da Rússia no estrangeiro”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *