Aveiro lança a sua maior campanha de marketing de sempre

Por a 28 de Fevereiro de 2013 as 17:40

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CI Região de Aveiro) e a Turismo Centro de Portugal (TCP) apresentaram esta quinta-feira a primeira grande campanha promocional da Ria de Aveiro, na BTL 2013, em Lisboa. O objectivo é “evidenciar e dinamizar o impacto económico, sociológico e cultural da Ria na região de Aveiro, onde residem cerca de meio milhão de habitantes, promovendo prioritariamente o turismo e os produtos ligados à Ria”.

A campanha, que vai decorrer até meados de 2014, representa um investimento de 900.000 euros, cofinanciado pelo Programa Operacional Pesca 2007-2013 (PROMAR), pela CI Região de Aveiro e pela TCP, e é direccionada para Portugal e Espanha (Norte, principalmente).

No total, são 15 os produtos âncora, singulares e diferenciadores destacados na campanha, sendo que oito deles estão directamente ligados ao turismo (moliceiros; palheiros da costa nova; dunas de São Jacinto; ecomuseu Marinha da Troncalhada; arte xávega; arte nova; museu marítimo de Ílhavo e desportos náuticos). Já os restantes sete são produtos típicos da Ria (enguias; ostras e bivalves; bacalhau; lampreia; conservas e sal).

O selo “Ria de Aveiro” vai ser ostentado e divulgado por todas as empresas locais que aderirem ao projecto. Depois de preencherem a ficha de adesão, disponível aqui, as empresas podem utilizar o logótipo da campanha nas suas caixas e embalagens e em todo o seu material promocional.

De acordo com o presidente da CI Região de Aveiro, Ribau Esteves, pretende-se que “a região passe a receber mais turistas e que as empresas vendam mais. Desta forma, será possível elevar o nível de vida das populações locais, aumentar a atratividade do território e estimular as atividades do setor das pescas e das múltiplas atividades características da região e da Ria de Aveiro.”

Já o presidente da TCP, Pedro Machado, lembra que “a Ria de Aveiro assume um papel relevante na oferta turística da região Centro, sendo um território com uma dinâmica forte, e relevantes contributos ao nível da cultura, da natureza, da gastronomia, entre muitos outros”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *