Assine já
Espanha
Destinos

Espanha tem Plano Integral de Turismo até final de Junho

O documento vai abranger medidas como a agilização da concessão de vistos e outras que visem aumentar o emprego, turismo internacional e dormidas.

Tiago da Cunha Esteves
Espanha
Destinos

Espanha tem Plano Integral de Turismo até final de Junho

O documento vai abranger medidas como a agilização da concessão de vistos e outras que visem aumentar o emprego, turismo internacional e dormidas.

Sobre o autor
Tiago da Cunha Esteves
Artigos relacionados
“Tem-nos acontecido tudo o que não queremos no turismo”
Destinos
Governo mantém aposta no Turismo visando “o aumento das exportações”
Homepage
CTP: “Toda a cadeia de valor do turismo está em risco”
Homepage
Governo reforça linha de apoio à tesouraria de micro e pequenas empresa do turismo em 20M€
Homepage

O ministro da Indústria, Energia e Turismo espanhol, José Manuel Soria, adiantou esta quinta-feira que o Plano Integral de Turismo que está a ser preparado vai estar pronto até final de Junho.

Citado pela imprensa espanhola, o governante lembrou que Espanha é “uma autêntica potência mundial no turismo” e que novos mercados, como o russo, poderão ter um protagonismo importante.

O Plano Integral de Turismo vai dar a conhecer medidas concretas a serem aplicadas pelo governo espanhol, como a agilização da concessão de vistos. O seu objectivo principal será gerar emprego de qualidade e aumentar o número de turistas estrangeiros, bem como as dormidas.

Sobre o autorTiago da Cunha Esteves

Tiago da Cunha Esteves

Mais artigos
Artigos relacionados
Transportes

Eurowings Discover inaugura rota entre Frankfurt e o Porto Santo

Nova operação sazonal da Eurowings Discover conta com um voo por semana, às quintas-feiras, até 27 de outubro.

A Eurowings Discover, companhia aérea do grupo Lufthansa, inaugurou esta sexta-feira, 27 de maio, uma nova rota sazonal direta entre Frankfurt, na Alemanha, e o Porto Santo, na Madeira, numa operação que se vai manter até 27 de outubro.

De acordo com um comunicado da ANA – Aeroportos de Portugal/Vinci Airports, esta nova operação é realizada em aviões Airbus 320, com 168 lugares, contando com uma ligação por semana, às quintas-feiras, num total de 23 voos com destino ao Porto Santo.

“Esta nova rota assume importância na oferta e diversificação do mercado turístico alemão para a ilha do Porto Santo.  Este voo regular vem assim contribuir fortemente para a recuperação, e reforço, deste mercado, já que as ligações com origem no mercado alemão para o aeroporto de Porto Santo não eram operadas desde o verão de 2020”, refere a ANA – Aeroportos de Portugal/Vinci Airports.

A nova operação resulta de um trabalho conjunto da ANA| VINCI Airports com o grupo Lufthansa no desenvolvimento de novas ligações para o aeroporto do Porto Santo, em coordenação com o Governo Regional da Madeira, Associação de Promoção da Madeira, e com o Turismo de Portugal.

“A chegada da Eurowings Discover, deixa-nos particularmente orgulhosos do trabalho desenvolvido para garantir que a ilha do Porto Santo tenha uma conectividade e uma oferta regulares que responda à crescente procura turística que resulta do dinamismo que a região da Madeira e a ilha do Porto Santo, em particular, têm demonstrado nos últimos anos”, considera Francisco Pita, CCO da ANA – Aeroportos de Portugal.

Já Rupert Kraus, Head of Network & Airport Relations da Eurowings Discover, destaca as “belas praias de areia e ótimo tempo” que fazem do Porto Santo um “destino de férias ideal” para os clientes da companhia aérea, até porque está a apenas quatro horas de voo desde Frankfurt.

“Foi com gosto especial que embarquei a bordo do nosso voo inaugural da Eurowings Discover de Frankfurt para Porto Santo, representando não só o primeiro voo para nós como nova companhia aérea dedicada a férias, como para todo o grupo Lufthansa. Porto Santo é uma grande adição ao mapa de destinos da Eurowings Discover e a toda a rede do Grupo Lufthansa”, acrescenta o responsável da companhia aérea.

Para o destino, a inauguração desta rota é também vista como uma notícia positiva, com Eduardo Jesus, secretário Regional de Turismo e Cultura e presidente da Associação de Promoção da Madeira, a referir que “a entrada da Eurowings Discover no Porto Santo representa um reforço dos mercados de origem, com especial enfoque no alemão”.

“Com esta operação, a ilha ganha novas frequências que se estendem até ao final de outubro, o que responde ao desafio assumido pelo Governo Regional da Madeira de fazer crescer a época de verão, procurando esbater a sazonalidade na ilha do Porto Santo”, defende o governante regional.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Alojamento

Discovery Hotel Management reforça equipa comercial

A Discovery Hotel Management (DHM) contratou Mariana Alves e Raquel Patrício para reforçar a sua equipa comercial e consolidar os hotéis geridos pela empresa.

A Discovery Hotel Management (DHM) reforçou a sua equipa comercial com a contratação de Mariana Alves e Raquel Patrício, profissionais que vão contribuir para ajudar a “consolidar a atividade das unidades hoteleiras geridas pela empresa num importante momento de retoma do setor do turismo”.

Num comunicado enviado à imprensa, a DHM indica que Mariana Alves transita do Real Hotels Group, onde tinha a seu cargo a “promoção de vendas do segmento Corporate” dos hotéis do grupo, tendo desempenhado também funções nas vendas, gestão e direção de F&B (Food & Beverage) e organização de eventos de hotelaria.

Na DHM, Mariana Alves, que é licenciada em Gestão de Empresas Turísticas pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE), passa a integrar “a equipa de MICE e Corporate, assumindo funções de gestão e negociação com clientes corporativos nacionais e de apoio à organização de eventos de promoção de todo o portefólio DHM (Octant e H&R + Branded Hotels)”.

“Esta contratação constitui um importante reforço da nossa equipa, que se traduzirá na prestação de um serviço mais abrangente aos nossos clientes, nomeadamente ao nível da marca Wyndham”, indica Pedro Moura, Head of Mice & Corporate Sales da DHM.

Já Raquel Patrício, que é licenciada em Gestão de Empresas pelo ISEG e Mestre em Gestão Hoteleira pela Universidade Europeia de Madrid e pela Escola Les Roches International School of Hotel Management, passa a integrar “a equipa Octant Hotels, para atuar na promoção do portefólio Octant ao nível nacional e internacional e marcar presença nos mais relevantes eventos turísticos”.

Tal como Mariana Alves, também Raquel Patrício passou já por algumas das mais prestigiadas unidades hoteleiras do País, pertencentes a grupos como Four Seasons e Ritz-Carlton, e era até então Sales Executive na Olissipo Hotels.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Distribuição

Nortravel oferece a Europa em mini circuitos de quatro dias

O operador turístico Nortravel apresenta ao mercado uma oferta de mini circuitos de quatro dias para algumas cidades e regiões da Europa.

Estes programas já estão disponíveis em nortravel.pt para reserva online com confirmação imediata.

Trata-se, segundo a Nortravel, de “uma ótima sugestão para os viajantes que pretendem umas férias curtas com o máximo de aproveitamento de tempo e qualidade”.

Em nota de imprensa, o operador turístico indica ainda que, com este novo conceito, “vai ao encontro do desejo dos habituais clientes de circuitos que pretendem escapadinhas na Europa com a garantia e qualidade que estão acostumados com a Nortravel”, com preços desde os 935 euros por pessoa em duplo.

Os mini circuitos “O Melhor de Amesterdão e Países Baixos”, “Toscânia Clássica”, “Berlim e Saxónia” e “Baviera Completa” incluem uma refeição diária, para além dos pequenos almoços buffet, hotéis de três e quatro estrelas bem localizados, todas as visitas acompanhadas pelo guia exclusivo em português e guias locais (quando indicado), seguro (incluindo cobertura Covid-19), taxas de aviação e IVA.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Tecnologia

eDreams ODIGEO termina ano fiscal com bons resultados

A eDreams ODIGEO anuncia os resultados do exercício findos a 31 de março de 2022, e revela que superou o mercado, triplicou os membros Prime para 2.9 milhões e registou progressos substanciais nos objetivos para 2025.

Com 247 websites e aplicações em 44 países, 21 idiomas e 37 moedas diferentes numa única plataforma central, a eDreams ODIGEO (eDO) cobre atualmente 80% do mercado global de viagens.

Ao longo do período em análise, a empresa considera, em nota de imprensa, que “superou o mercado (e os seus concorrentes) por uma margem significativa, tendo-se posicionado para o sucesso futuro através da sua abordagem inovadora, incluindo o primeiro programa de subscrições de viagens – o Prime – que é líder de mercado e conta, ao dia de hoje, com 2.9 milhões de membros, triplicando os números do ano passado”.

Para além de uma sólida melhoria da situação financeira e operacional acompanhada de um aumento de capital em 75 milhões de euros, os resultados da eDO dão conta de um recorde de 12.5 milhões de reservas, superando os níveis pré-pandemia em 10%.

Neste exercício a empresa apontou uma expansão significativa do mercado e da quota da carteira de viagens, através da oferta de hotéis, carros, comboios e quaisquer outros complementos às viagens, acompanhado de um aperfeiçoamento contínuo da sua plataforma tecnológica para proporcionar a melhor e mais rápida experiência online, mas com o objetivo de 7.25 milhões de membros Prime: 2.9 milhões atingidos e a crescer a um ritmo exponencial.

Dana Dunne, CEO da eDreams ODIGEO, afirmou que ao longo do ano fiscal de 2022, “continuámos a registar um sólido progresso na revolução das viagens e na reinvenção da experiência de viagem através do sucesso contínuo do nosso modelo de subscrição líder global, o Prime, e de uma posição privilegiada e de destaque mundial nas reservas de voos. Ganhámos quota de mercado, aperfeiçoámos ainda mais a nossa proposta e continuamos a prosperar enquanto empresa global”.

Globalmente, o ano fiscal 22 apresentou tendências constantemente ascendentes e o retorno aos lucros. A Receita Média por Utilizador (ARPU) aumentou 55% face ao exercício de 2021, fixando-se em 88 euros por membro. A Margem de Receitas no AF22 aumentou 244% relativamente ao mesmo período do ano passado, com as reservas a aumentar 286%.

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Turismo

Nova edição: Sustentabilidade, Go4Travel, Visit Valencia e SAP Concur

A nova edição do Publituris faz capa com um tema que não é novidade: sustentabilidade. Além das novidades das várias áreas do setor do turismo, trazemos, também, uma entrevista a Naut Kusters, diretor da ECEAT, e Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, sobre o mesmo tema. Além disso, a estratégia da Go4Travel conhecida no “Summit4Travel”, Visit Valencia e a nova solução SAP Concur para o segmento das viagens.

Publituris

A nova edição do Publituris faz capa com um tema que não é propriamente novidade, mas que, com a pandemia da COVID-19 e as novas tendências passou a ouvir falar-se cada vez mais de sustentabilidade no setor do turismo.

Além de ficar a saber o que várias áreas do setor estão a fazer para se tornarem mais sustentáveis, o Publituris entrevistou Naut Kusters, diretor da ECEAT, a propósito do projeto SUSTOUR, que admitiu que “a tendência é muito clara no sentido da sustentabilidade.

Também Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), salienta que “as agências e os operadores turísticos têm um papel preponderante na promoção da sustentabilidade no setor do turismo”.

O Publituris viajou até à Madeira para marcar presença na Convenção da Go4Travel. Na sessão de abertura da “Summit4Travel 2022”, João Matias, presidente do Conselho de Administração da Go4Travel, apontou que o agrupamento de agências de viagens está com uma agenda “bem carregada”.

Capital Mundial do Design e Capital Europeia do Turismo Inteligente, em 2022, Valência acredita no potencial do mercado português, motivos pela qual o Visit Valência tem prevista uma série de atividades de promoção em Portugal.

Admitindo que o mercado português “não é muito relevante”, Ángel Pérez, Brand & Markets Director do Visit Valencia, disse ao Publituris “acreditar que existe um grande potencial com a excelente conectividade aérea que existe no momento”.

Na “Tecnologia”, João Carvalho dá a conhecer as mais-valias da nova solução SAP Concur. O responsável revela que “as empresas estão cada vez mais interessadas em soluções que ajudem os gestores de viagens e os responsáveis de recursos humanos a avaliar e gerir o risco das viagens”, sendo essencial “desburocratizar cada vez mais os processos empresariais, tendo em conta o impacto ambiental das deslocações”.

Além do “Check-in”, as opiniões são de Carlos Torres (ESHTE), Sílvia Dias (Savoy Signature), Pedro Castro (SkyExpert), António Abrantes (ISCE) e Amaro Correia (Atlântico Business School).

Boas leituras”!

A versão completa desta edição é exclusiva para subscritores do Publituris. Pode comprar apenas esta edição ou efetuar uma assinatura do Publituris aqui obtendo o acesso imediato.

Para mais informações contacte: Carmo David | [email protected] | 215 825 43

Nota: Se já é subscritor do Publituris entre no site com o seu Login de assinante, dirija-se à secção Premium – Edição Digital e escolha a edição que deseja ler, abra o epaper com os dados de acesso indicados no final do resumo de cada edição.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Edição Digital

Edição Digital: Sustentabilidade, Go4Travel, Visit Valencia e SAP Concur

A nova edição do Publituris faz capa com a sustentabilidade. Apesar de não se tratar de um tema novo, a verdade é, que com a pandemia da COVID-19 e as novas tendências, passou-se a ouvir falar cada vez mais de sustentabilidade no setor do turismo. Além disso, há a reportagem sobre a Convenção da Go4Travel, a aposta de Valência em Portugal e as novidades da SAP Concur para as viagens.

Publituris

A nova edição do Publituris faz capa com um tema que não é propriamente novidade, mas que, com a pandemia da COVID-19 e as novas tendências passou a ouvir falar-se cada vez mais de sustentabilidade no setor do turismo.

Além de ficar a saber o que várias áreas do setor estão a fazer para se tornarem mais sustentáveis, o Publituris entrevistou Naut Kusters, diretor da ECEAT, a propósito do projeto SUSTOUR, que admitiu que “a tendência é muito clara no sentido da sustentabilidade.

Também Pedro Costa Ferreira, presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), salienta que “as agências e os operadores turísticos têm um papel preponderante na promoção da sustentabilidade no setor do turismo”.

O Publituris viajou até à Madeira para marcar presença na Convenção da Go4Travel. Na sessão de abertura da “Summit4Travel 2022”, João Matias, presidente do Conselho de Administração da Go4Travel, apontou que o agrupamento de agências de viagens está com uma agenda “bem carregada”.

Capital Mundial do Design e Capital Europeia do Turismo Inteligente, em 2022, Valência acredita no potencial do mercado português, motivos pela qual o Visit Valência tem prevista uma série de atividades de promoção em Portugal.

Admitindo que o mercado português “não é muito relevante”, Ángel Pérez, Brand & Markets Director do Visit Valencia, disse ao Publituris “acreditar que existe um grande potencial com a excelente conectividade aérea que existe no momento”.

Na “Tecnologia”, João Carvalho dá a conhecer as mais-valias da nova solução SAP Concur. O responsável revela que “as empresas estão cada vez mais interessadas em soluções que ajudem os gestores de viagens e os responsáveis de recursos humanos a avaliar e gerir o risco das viagens”, sendo essencial “desburocratizar cada vez mais os processos empresariais, tendo em conta o impacto ambiental das deslocações”.

Além do “Check-in”, as opiniões são de Carlos Torres (ESHTE), Sílvia Dias (Savoy Signature), Pedro Castro (SkyExpert), António Abrantes (ISCE) e Amaro Correia (Atlântico Business School).

Leia a edição aqui.

Boas leituras”!

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Hotelaria

AHP quer intervenção de António Costa para facilitar circuito da imigração no seio da CPLP

A AHP apela a uma intervenção do Primeiro-Ministro, António Costa, com vista à simplificação e desburocratização dos circuitos da imigração dentro da CPLP, por considerar que “este é um tema que exige clara coordenação de políticas públicas, multissectorial, o que não se alcança sem uma intervenção ao mais alto nível, como se está a demonstrar”.

A Associação sublinha, mais uma vez, que o turismo não pode existir sem pessoas ao serviço, sendo que, neste momento, faltam cerca de 45 mil trabalhadores no setor, cerca de 15 mil só na hotelaria.

Em comunicado, a AHP dá conta de uma reunião, esta semana, com a secretária de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, Rita Marques, em que entre os vários pontos da agenda estava a questão dos Recursos Humanos, mas “a informação partilhada pela governante deixou a Associação extremamente preocupada”.

Para a AHP, “os resultados da reunião não foram os esperados”, uma vez que havia fortes expectativas relativamente aos acordos de mobilidade que foram celebrados, quer com os países da CPLP, quer com a Índia e Marrocos.  A Associação estava convencida que esses acordos já estivessem a funcionar,” mas não é isso que está a acontecer”, refere a nota de imprensa.

Perante esta situação, Bernardo Trindade afirma que “viemos muito desapontados, porque o caminho que já tínhamos feito na anterior legislatura foi agora interrompido”, para destacar ser “preocupante que este tema não seja tratado ao nível do Estado como um tema central para o desenvolvimento do país”.

O presidente da AHP diz não compreender “como é que não há simplificação de procedimentos e articulação entre serviços, como os Serviços Consulares e o SEF, para simplificar e desburocratizar os circuitos da imigração dentro da CPLP, mais ainda quando Portugal e vários Estados da CPLP já ratificaram o Acordo sobre a Mobilidade.”

Tendo em conta que tema da escassez dos RH para a hotelaria e turismo pressiona toda a Europa Ocidental, a AHP lembra, no seu comunicado, que vários países estão a tomar medidas para lhe fazer frente, designadamente criando mecanismos de maior agilidade na captação de imigrantes.

Estando a Associação ciente que esta situação não se resolve de um momento para o outro, que é um problema de fundo do nosso país, e que se projeta sobre o futuro, Bernardo Trindade defende que “temos de o encarar como uma questão que exige um envolvimento e uma política de Estado, quer quanto à imigração, quer quanto à fixação de pessoas no nosso território”.

 

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Destinos

Turismo de Portugal diz desenvolver trabalho no sentido de “reforçar as ligações das companhias aéreas para todos os aeroportos nacionais”

Depois das notícias que vieram a público, o Turismo de Portugal diz, em comunicado, que é “indiscutível que a TAP desempenha um papel crucial na conectividade e acessibilidade ao Destino Portugal”.

Victor Jorge

O Turismo de Portugal (TdP) salientou esta quinta-feira, em comunicado, “tem desenvolvido um importante trabalho em estreita colaboração com todos os players do setor, desde cada uma das Associações e Entidades Regionais de Promoção Turística até aos inúmeros empresários e diversas associações que representam o turismo nacional”.

“O Turismo de Portugal tem como missão promover Portugal como destino turístico, apoiar o desenvolvimento das infraestruturas turísticas e o investimento no setor”, lê-se no comunicado emitido após o Jornal de Notícia ter noticiado que o presidente do Turismo de Portugal tinha “incentivado agentes da região Norte a apostar na Ibéria como parceiro estratégico e em Madrid enquanto aeroporto de ligação internacional, em vez de esperarem pela TAP”.

“Sendo a conectividade aérea uma importante parte desta equação, tem sido desenvolvido um trabalho, sobretudo no pós-pandemia, no sentido de reforçar as ligações das companhias aéreas para todos os aeroportos nacionais, atrair novas companhias áreas – uma vez que asseguram as ligações de novos mercados ou mercados já existentes aos aeroportos nacionais– e colaborar nos programas de venda e distribuição das companhias nesses mesmos mercados (como os programas STOPOVER)”, refere-se no comunicado.

A entidade tutelada pelo Ministério da Economia e do Mar, sublinha ainda que “a TAP, enquanto companhia aérea nacional, é não só essencial para o setor em todo o território nacional como um parceiro estratégico do Turismo de Portugal, implementando parcerias e iniciativas conjuntas sempre que tal se afigurou necessário e pertinente para dinamizar o turismo nacional”.

O TdP reconhece ainda que “há ainda muito trabalho a fazer no longo caminho que percorremos juntos, sendo indiscutível que a TAP desempenha um papel crucial na conectividade e acessibilidade ao Destino Portugal”.

Depois da Iberia ter incluído, recentemente, os destinos de Porto e Lisboa no seu programa, o TdP salienta que “tem sido desenvolvido um trabalho no sentido de tornar ainda mais atrativos estes destinos para os passageiros que fazem ligação em Espanha”, destacando, ainda que “o mesmo se passa com o programa STOPOVER da TAP com quem o Turismo de Portugal tem trabalhado no sentido de aumentar a sua atratividade e impacte para todos os aeroportos nacionais”, conclui o comunicado.

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos
Distribuição

Travelport+ Self Service Suite promete impulsionar venda de viagens

A Travelport acaba de estrear novas ferramentas para ferramentas para agências de viagens, de automação, e suporte de self service, disponíveis no Travelport+ com vista a criar fluxos de trabalho mais eficientes e melhorar o desempenho das vendas.

O novo pacote de self service e ferramentas de automação, agora disponíveis no Travelport+, ajudam os passageiros e os agentes de viagens que os apoiam a criar uma experiência de compra e atendimento on-line eficiente.

A Travelport também expandiu recentemente a disponibilidade de conteúdo NDC e recursos de serviço NDC para várias das suas companhias aéreas parceiras.

“Esta próxima fase de nossa evolução Travelport+ tem tudo a ver em fazer com que nosso mercado de viagens de última geração funcione e pareça mais com a Internet, com mais auto atendimento e automação, para que os nossos clientes possam ativar as suas próprias experiências modernas de venda digital”, disse Jen. Catto, diretora de marketing da Travelport.

“Com tantos clientes a beneficiarem dessa atualização para o Travelport+, continuamos ágeis e focados em fornecer aos agentes a capacidade de automatizar uma tarefa de forma rápida e fácil, para que tenham mais tempo para atender e apoiar os seus passageiros”, acrescentou.

Sobre o autorCarolina Morgado

Carolina Morgado

Mais artigos
Distribuição

Bestravel vai disputar os prémios da Federação Europeia de Franchise

A rede de agências de viagens Bestravel acaba de ser distinguida em duas categorias pela Associação Portuguesa de Franchising

Publituris

A Bestravel foi reconhecida como Master Franquiador do Ano e destacada na terceira posição no prémio Resiliência. Como tal, vai disputar os prémios da Federação Europeia de Franchise, numa cerimónia a ter lugar em setembro, em Bruxelas, juntamente com os primeiros classificados nas diversas categorias.

A atribuição destas distinções foi alcançada depois da ponderação pontual entre um inquérito junto das redes de franquia a franquiados e uma avaliação de um júri independente. As categorias variam em função do número de franquiados, de unidades franquiadas e número de anos como franquiador, enquanto a performance é avaliada nas suas dimensões global, económica, operacional, de relacionamento e de sensibilidade.

O prémio reconhece assim as melhores práticas de gestão em franchising, aferindo o índice de satisfação em relação às suas respetivas marcas franqueadoras.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.