Criação do Parque Subaquático do Dori publicada em DR

Por a 9 de Maio de 2012 as 13:37

Foto: skaphandrus.com

A criação do Parque Arqueológico Subaquático do Dori, na ilha de São Miguel, Açores, foi publicada em Diário da República.

O Dori, que participou no desembarque das tropas aliadas nas praias da Normandia, em Junho de 1944, afundou a 16 de Janeiro de 1964 a cerca de 800 metros da costa sul de S. Miguel, perto de Ponta Delgada, encontrando-se a 18 metros de profundidade.

“O sítio do naufrágio do navio Dori, localizado em águas pouco profundas e abrigadas junto à costa sul da ilha de São Miguel, apresenta condições ideais de visitação, a que se junta o interesse e a representatividade da embarcação naufragada, já que o Dori, denominado originalmente Edwin L. Drake, participou em diversas missões militares durante a II Guerra Mundial e integrou a conhecida frota norte -americana dos ‘liberty ships'”, pode ler-se, no decreto regulamentar regional n.º 12/2012/A.

No Parque Arqueológico Subaquático do Dori será permitida a prática do mergulho amador, “cumpridas as normas legais e regulamentares que regulam aquela actividade”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *