ANA quer mais companhias no Terminal 2

Por a 19 de Março de 2012 as 12:16

Depois do anúncio de que a TAP, SATA e AeroVip vão deixar de operar no Terminal 2 do Aeroporto da Portela, já a partir de terça-feira, chega a revelação de que o director da infra-estrutura, João Nunes, está a negociar com três companhias aéreas, entre as quais low cost, para começarem a operar a partir deste terminal.

Recorde-se que com as companhias aéreas tradicionais a voltarem a operar no Terminal 1, o segundo terminal passará, apenas, a ter os voos da easyJet, cuja base vai abrir no próximo mês. Altura em que a low cost abre cinco novas rotas a partir de Lisboa. A saber: Amesterdão, Copenhaga, Bordéus, Veneza e Astúrias.

Em entrevista à Lusa, João Nunes indicou, no entanto, que já está em negociações com outras três transportadoras para que estas passem as suas  operações para o Terminal 2. “Já fizemos três abordagens, duas delas estão muitíssimo adiantadas, uma também está em desenvolvimento”, disse o director do Aeroporto da Portela, escusando-se a adiantar mais detalhes sobre estas conversações.

O Publituris apurou que as transportadoras em causa são a Transavia, quer a francesa, quer a holandesa; a Germanwings; e a Blue Air, cuja operação é sazonal e só tem início em Junho. Aliás, o director adjunto do aeroporto lisboeta, Francisco Pitta, já tinha feito referência às duas primeiras transportadoras na passada semana, durante uma conferência de imprensa na Madeira.

Mas os contactos não se ficam por aqui. Em declarações ao Publituris, fonte da ANA – Aeroportos de Portugal, conhecedora do processo, indicou que tem havido “uma série de conversações com as companhias aéreas para quem achamos benéfico operarem no Terminal 2, face ao tráfego e à operação”, sendo que estas têm-se manifestado receptíveis à ideia. Como tal, é esperado que, “até ao Verão, estejam mais duas ou três companhias no Terminal 2” do Aeroporto da Portela.

Mais rotas e passageiros

Ainda de acordo com a entrevista de João Nunes à Lusa, o responsável perspectiva que abram mais quatro novas rotas este ano a partir de Lisboa, acrescendo às da easyJet e à já anunciada da Emirates (para o Dubai); e que as previsões para 2012 dão conta de um crescimento de 0,8% do tráfego, face a 2011, quando forma processados 14,5 milhões de passageiros.

Só no acumulado de Janeiro e Fevereiro, a infra-estrutura registou um aumento de 6% no número de viajantes processados, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Obras de expansão paradas

Segundo João Nunes, apesar do Plano de Expansão do Aeroporto da Portela estar, actualmente, parado, devido à rescisão de contrato com a Edifer, estão a ser feitas “todas as diligências” para que as obras sejam retomadas o mais brevemente possível.

O responsável aindantou, ainda, que “está prestes” a ser lançado um novo concurso de forma a ser seleccionada a empresa a ficar com o projeto.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *