Hotelaria com quebras em Novembro

Por a 9 de Fevereiro de 2012 as 14:42

Os dados são da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP). De acordo com os números relativos a Novembro de 2011, o sector registou quebras em todos os indicadores, face ao mesmo mês do ano anterior.

A análise revela uma quebra global de 2,48% no preço médio por quarto ocupado; de 6,88% no preço médio por quarto disponível; de 0,96% na receita média por turista no hotel, que se situou nos 103 euros; e de 6,64% na receita total por quarto disponível (TREVPAR), que se fixou nos 36,72 euros.

No que respeita a taxa de ocupação média global da hotelaria nacional, a queda foi de 4,52%, com apenas as unidades de cinco estrelas a escaparem a esta tendência. Nestas, a variação deste indicador foi positiva em 8,88%.

Acumulado positivo

No acumulado entre Janeiro e Novembro do ano transacto, foi registado um acréscimo de 2,73% no preço médio por quarto ocupado; de 2,34% na taxa de ocupação quarto (+2,34%); e de 5,14% no REVPAR.

Neste período, a receita média por turista no hotel por mês subiu 5,94%, para os 107 euros; e a receita total por quarto disponível (TREVPAR) 4,66%, para os 60,20 euros.

Nestes 11 meses, verificou-se uma estada média de 1,96 dias, o que indica um aumento de 2,62% face a período homólogo anterior.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *