Taxas turísticas: AHP responsabiliza hoteleiros sobre tomada de posição

Por a 26 de Setembro de 2010 as 19:05

A AHP vai voltar a discutir a introdução das taxas de alojamento em Lisboa com os seus associados, esta semana, em reunião a anunciar. A decisão foi tomada após reunião de quinta-feira da direcção da Associação de Turismo de Lisboa, onde terá havido consenso sobre a necessidade de mais promoção para a cidade, mas não sobre a metodologia aplicada, nomeadamente a introdução de taxas turísticas sobre os hotéis e empreendimentos, matéria sobre a qual a AHP se manifestou sempre contra.

“No almoço da AHP onde a questão foi inicialmente debatida, eram cerca de 50 contra, na reunião de direcção da ATL houve empresários que se manifestaram a favor e outros que afirmaram optar pela abstenção em caso de votação. Este é um assunto que extravasa a direcção. É importante reunir os hoteleiros e responsabilizá-los sobre uma tomada de posição”, declarou Miguel Júdice, presidente da AHP, ao Publituris.

Questionado sobre a eventualidade de um recuo na posição inicial, Miguel Júdice declarou: “Nós somos uma associação democrática; nem todas o são. Se os hoteleiros decidirem que querem as taxas, nós seguiremos essa via”.

A proposta das taxas de alojamento motivou a saída dos Vip Hotels da ATL na semana passada. Conforme confimação do grupo, a cadeia hoteleira com maior número de camas em Lisboa comunicou a sua decisão por carta à Associação ainda antes da reunião de direcção.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *