Cruzeiros têm de indemnizar passageiros em caso de atraso

Por a 15 de Julho de 2010 as 14:25

O Parlamento Europeu aprovou um regulamento segundo o qual as empresas de cruzeiros vão ser obrigadas, a partir de 2012, a indemnizar os passageiros caso os seus navios registem atrasos superiores a uma hora e meia.

O documento estabelece, ainda, que os transportadores e operadores de terminal irão oferecer assistência gratuita, quer no embarque, quer no desembarque, a passageiros com mobilidade reduzida.

Os Estados-membros da União Europeia têm até ao início do ano para adaptar as suas legislações às novas normas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *