Allgarve10 por mais tempo e novas áreas

Por a 21 de Fevereiro de 2010 as 17:02

A quarta edição do Allgarve arrancou sábado contando com novas áreas temáticas e uma equipa organizadora que, pela primeira vez, terá sede no Algarve.

O Centro de Congressos do Arade foi o palco de apresentação do novo programa Allgarve, que este ano se realiza até ao mês de Novembro, após ter arrancado no sábado com a actuação dos Hoje.

O presidente da ERTA, Nuno Aires, deu a conhecer as novidades desta edição justificando que o alargamento do programa tem em vista “a atenuação da sazonalidade” já que este é, desde sempre, o objectivo principal da região que trabalha em parceria com o TP na criação deste calendário.

Nesse sentido, e como desafios foi estipulada “mais programação, num total de 70 eventos, estreitamento de relações com autarquias e restantes parceiros envolvidos, novas áreas temáticas e a integração do FIMA (Festival Internacional de Música do Algarve) no programa”, referiu na ocasião.

A Animação e Artes de Rua é a grande novidade dentro das áreas temáticas, mas saliente-se também a música clássica que passa a integrar o capítulo da Música onde já se incluem o pop e o jazz. Estas duas áreas juntam-se, assim, à Arte, Gastronomia e Desporto, num total de cinco.

Também presente, Augusto Miranda é o coordenador do programa Allgarve, contando com o apoio da restante equipa designada, nomeadamente, Nuno Faria (Arte), Osvaldo Ferreira (Música), Pedro Bartilotti (Animação e Artes de Rua) e Bertílio Gomes (Gourmet).

Uma ausência notada na apresentação foi a do secretário de Estado de Turismo, Bernardo Trindade, que devido aos recentes acontecimentos na Madeira se deslocou à Ilha, fazendo-se representar por Frederico Costa, do TP.

As receitas angariadas para o concerto dos Amália Hoje, que esgotou a sala de espectáculos do Arade, reverterão a favor das vítimas do mau tempo na Madeira.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *