Formar opiniões

Por a 1 de Março de 2017 as 17:47
Editorial Carina bx

Por vezes, as instituições também têm o papel de informar e ajudar a formar uma opinião idónea. Vem isto a propósito do que fez a Associação de Turismo de Lisboa na semana passada com a apresentação do estudo de impacto macroeconómico da Cidade e Região, bem como do estudo de opinião dos residentes sobre o Turismo na capital portuguesa. “Ah, finalmente!”, quase apetece dizer. Ficámos a saber que, em 2015, o Turismo gerou 8,4 mil milhões de euros para a economia na região de Lisboa e, espantem-se, mais de 90% da população que reside e trabalha em Lisboa tem uma opinião positiva ou muito positiva sobre os turistas.
Mais, a principal vantagem que o Turismo traz à cidade é o desenvolvimento da economia. Não sou eu que digo, mas podia, porque também vivo em Lisboa e também tenho uma boa impressão sobre o Turismo. Quem o diz são os residentes e os que trabalham inquiridos para o estudo. Os resultados da pesquisa tiveram eco em diversos meios de comunicação e serviram para desmistificar que o Turismo está a incomodar os lisboetas. A turisficação dos centros das cidades é, de resto, um dos temas abordados na entrevista de capa desta edição com o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai.
Queria ainda felicitar o Porto por conquistar novamente o título de Melhor Destino Europeu 2017. Sou fã do destino há muito tempo, pela sua singularidade e identidade única, muito evidente no modo de estar das suas gentes, na sua cultura, na arquitectura. Para mim, o Porto já era um grande destino europeu, mesmo antes de receber esta distinção.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *