RevPAR sobe cerca de 33% na cidade de Lisboa em Novembro

Por a 29 de Dezembro de 2016 as 16:23

expo LisboaEm Novembro, todos os indicadores são positivos. No mês em que a cidade de Lisboa foi anfitriã da Web Summit, a procura turística na capital aumentou em comparação com o período homólogo de 2015, com uma subida média de todos os itens referenciados nesta análise.
Segundo o Observatório do Turismo de Lisboa, a Ocupação Média por Quarto ampliou-se de 64,88% para 70,85% (um aumento percentual de 9,2%). A subida mais significativa ocorreu nas unidades hoteleiras de cinco estrelas, com um aumento de 13%.
Também o Preço Médio por Quarto Vendido (Average) cresceu, com uma subida percentual de 21,6%, comparativamente com o mês homólogo de 2015.
No Preço Médio por Quarto Disponível (RevPAR) a variação foi ainda mais favorável para os empresários hoteleiros, com uma subida de 32,8% no período em análise e destaque para as unidades de cinco estrelas, em que o aumento percentual se cifrou em 35,2%.
O acumulado de Janeiro a Novembro acompanha esta tendência em todas as alíneas: mais 0,9% na Ocupação de Quarto, mais 7,8% no Preço Médio de Quarto Vendido e mais 8,8% no Preço Médio por Quarto Disponível.

No que diz respeito à Região de Lisboa, Novembro foi um mês positivo também para o Turismo na Região de Lisboa,
como todos os indicadores estatísticos demonstram. Face ao período homólogo do ano anterior, a Ocupação de Quarto registou um aumento de 11% na procura, ultrapassando a fasquia dos 70% nas unidades hoteleiras  de três estrelas.
No Preço Médio por Quarto Vendido (Average), a variação é de 18,2% na comparação entre os dois meses homólogos, com os preços médios nas unidades de cinco estrelas a subirem de 123,56 euros para 144,43 euros.
Em relação ao Preço Médio por Quarto Disponível (RevPar), Novembro também trouxe boas notícias aos hoteleiros dos 18 municípios que integram a Área Metropolitana de Lisboa: um aumento percentual de 31,2% na comparação com o ano anterior. Num quarto de 4 estrelas – que custava em média 36,32 euros em 2015 e passou a custar 48,28 euros em 2016 – o aumento cifrou-se em 32,9%.
A mesma tendência regista-se igualmente no acumulado de Janeiro a Novembro: +1,8% na Ocupação de Quarto, +7,5% no Preço Médio por Quarto Vendido e +9,4% de Preço Médio por Quarto Disponível.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *