“Ninguém duvida da importância do turismo para a economia”

Por a 23 de Novembro de 2013 as 20:38
pedro passos coelho

“Hoje ninguém duvida da importância do sector do Turismo para o desenvolvimento da economia”. Foi com esta frase que o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, se dirigiu aos empresários do turismo nacional no final da II Cimeira do Turismo Português, promovida pela Confederação do Turismo Português, em Vilamoura.

O governante realçou os resultados positivos que o sector tem registado nos últimos tempos e o seu forte contributo para a criação de emprego no país: “Em Portugal, o Turismo contribui com mais de 9% do produto interno e representa cerca de 400 mil postos de trabalho directo, o que corresponde a praticamente 8% do total de emprego nacional”.

Pedro Passos Coelho detalhou ainda que as exportações no turismo “crescem há 45 meses consecutivos e nos últimos meses esse crescimento intensificou-se”, tendo mesmo atingido “recordes históricos” em alguns dos mais relevantes indicadores.

O primeiro-ministro atribuiu o mérito dos resultados registados aos “empresários, trabalhadores e a todos os agentes envolvidos”, resultados esses que “contribuíram para o notável ajustamento externo que temos vindo a fazer”.

O executivo salientou ainda algumas medidas que o Governo tem adoptado para reforçar a competitividade das empresas e o aumento do investimento, nomeadamente a reforma do IRC, sem deixar de referir que “não nos esquecemos que a restante carga fiscal também tem de ser corrigida, mas queremos corrigi-la paulatinamente de forma a podermos baixá-la de modo permanente”.

 

Da parte do parceiro social do Governo, Francisco Calheiros, presidente da Confederação de Turismo Português, mostrou, no seu discurso de encerramento, a disponibilidade do sector em continuar a contribuir com os resultados positivos para a economia: “Senhor primeiro-ministro, tem aqui o compromisso dos empresários do turismo de que tudo farão, para que através da capacidade empreendedora que vêm revelando, em converter o país e os seus destinos, e o Algarve em particular, num destino de excelência e grande contribuinte no aumento da riqueza nacional”.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *